Expresso Turístico faz passeio de São Paulo até Jundiaí

Museu Ferroviário da Cia Paulista, uma das principais atrações turísticas de Jundiaí

Turismo cultural, ecológico e até de repouso, isso é o que o visitante encontra na cidade de Jundiaí. A boa notícia, é que a CPTM oferece passeio de São Paulo até a cidade que fica a 60 km da capital.

O Expresso Turístico foi inaugurado em 2009 e desde então sai da Estação da Luz levando os passageiros diretamente até a Estação Jundiaí.

O passeio já começa no trem, uma locomotiva dos anos 50 que foi restaurada especialmente para a atração. A viagem dura 1h30, e durante o percurso monitores fornecem informações históricas sobre a ferrovia, que é considerada a primeira de São Paulo. Chegando a cidade, o roteiro fica a critério e por conta do visitante que deverá retornar 16h30 ao local, horário que o trem faz o trajeto de volta a Estação da Luz.

Os passeios mais indicados por quem conhece o lugar são as trilhas e caminhadas da Serra do Japi, que abriga belas paisagens como cascatas e nascentes; e visitas ao Museu Ferroviário da Cia. Paulista que possui um importante acervo de peças locomotivas.

Visitantes dentro da Reserva Biológica da Serra do Japi. / Fonte: Prefeitura de Jundiaí

Serviço: Expresso Turístico Jundiaí

Horário: Sábados alternados, saída as 8h30 da Estação da Luz e retorno às 16h30.

Valores:
R$ 45,00 – 1 usuário
R$ 75,00 1 usuário + 1 acompanhante
R$ 105,00 1 usuário + 2 acompanhantes
R$ 135,00 1 usuário + 3 acompanhantes

Passagem pode ser comprada diretamente na Estação da Luz (Bilhete não inclui passeios e roteiros). Mais informações no site da CPTM.

Dicas sobre o roteiro na cidade: As visitas a Reserva Biológica do Japi são monitoradas, os valores e agenda dos guias podem ser encontrados no site da Prefeitura de Jundiaí. A entrada do Museu Ferroviário da Cia. Paulista é gratuita.

 

Sobre o autor

Jornalista, trabalha com assessoria e comunicação. É crítica e curiosa por natureza. Gosta de escrever sobre o que ainda não sabe, aprender sobre o que não gosta e leituras não obrigatórias. Não cultiva amigos nem inimigos, cultiva fontes. Considera a vida uma resenha não terminada.

Comentários