17 curiosidades sobre a cidade de São Paulo

17 curiosidades sobre a cidade de São Paulo

Não havia feiras gastronômicas, parques e eventos, quando a cidade de São Paulo nasceu. Hoje em dia uma infinidade de coisas acontecem com as milhares de pessoas que se consideram paulistanos de corpo ou alma. No meio de tanta correria, os paulistanos deixam passar muitas curiosidades sobre SP.

Você sabia que apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 12% de todo o PIB do Brasil? E que a capital paulista possui a maior população do Brasil, das Américas, da lusofonia e de todo o Hemisfério Sul? Números gigantescos de uma metrópole que vive dos excessos.

 

Veja, a seguir, algumas curiosidades da cidade de São Paulo

1- São Paulo é a sétima cidade mais populosa do mundo, atrás apenas de Xangai (China), Lagos (Nigéria), Karachi (Paquistão), Istambul (Turquia), Mumbai (Índia) e Moscou (Rússia);

2- A cidade tem cerca de 15 mil restaurantes e 20 mil bares, sendo que aproximadamente um terço são pizzarias;

3- Aliás, os paulistanos são verdadeiros adoradores de pizza: São Paulo é a segunda cidade que mais se consome esse prato no mundo, atrás apenas de Nova York. São mais de 700 pizzas por minuto;

4- O segundo prato mais consumido na cidade é o sushi. São produzidos cerca de 400 mil por dia;

5- Existem mais de 3.200 padarias na cidade, onde são produzidos cerca de 10,4 milhões de pães por dia;

6- A capital paulista também possui uma quantidade assustadora de automóveis: são mais de sete milhões;

7- Consequência disso, São Paulo tem o 7º pior trânsito do planeta. Os paulistanos perdem aproximadamente 102 horas por ano em engarrafamentos;

8- São Paulo é considerada a capital mundial dos helicópteros. São 411 em toda a cidade, a maior frota do planeta;

9- O metrô de São Paulo transporta cerca de 3,5 milhões de pessoas por dia. Em toda a história, mais de 20 bilhões de pessoas já passaram pelos trens da capital!

10- A capital paulista é disparada a cidade com maior quantidade de museus do Brasil, perdendo apenas para Londres, Berlim, Paris e Nova York no mundo. São mais de 110;

11- São Paulo possui a maior colônia de japoneses, italianos, portugueses e libaneses fora de seus respectivos países;

12- São Paulo é a cidade com maior número de discotecas do mundo;

13- A cidade possui mais peças teatrais em cartaz do que Nova York;

14- O sanduíche com 300 gramas de mortadela do Mercado Municipal é um dos maiores símbolos de São Paulo. Apenas no Bar do Mané, um dos mais famosos do mercado, são vendidas quase três toneladas de mortadela por mês;

15- Em SP, a Estação Paulista fica na Consolação, e a Estação Consolação fica na Avenida Paulista;

16- São Paulo abriga o único ginásio de sumô fora do Japão. Fica no bairro do Bom Retiro;

17- Ainda existem populações indígenas vivendo na capital. Eles são da tribo guarani Krukutu, e vivem nas regiões de Parelheiros e no Pico do Jaraguá;

 

Fonte: Pure Viagem

Sobre o autor

Teve a ideia de criar o Sobreviva em São Paulo, foi lá e fez. Jornalista, trabalha com social media e gosta de uns rolês roots. Acampa no mato, sobe montanha e vive na selva de pedra. Já quis ser detetive, salvar o mundo e fugir com os ciganos. Tem uma relação de amor e ódio com São Paulo, fica para ouvir músicos de rua e corre para nunca chegar atrasada.

Comentários

foo

2 Comments on this Post

  1. Ana Silva

    Amei ler essa pagina, tanto conhecimento, cultura, muito bom aprender mais sobre a cidade de Sao Paulo, eu sinceramente nao sabia que ainda haviam tribos indigenas por la.. obrigado por compartilharem um pouco do conhecimento de voces.😊🤗

  2. julio de paula

    Gabi, muito bacana sua página. Mas seria legal você verificar este item 17 que que está errado…
    O item 17 está errado. Seria oportuno dizer que:
    Populações indígenas ainda RESISTEM na cidade de São Paulo. Em sua maioria, eles são o Povo Guarani Mbyá, que vive nas aldeias Krukutu e Tenondé-Porã, no extremo sul da cidade, e Jaraguá, na Zona Oeste (esta última aldeia tem seu território ameaçado desde o último 21 de agosto). Os Guarani Mbyá mantêm sua língua e seu nhandé rekó, seu modo de vida tradicional em plena capital. Além dos Mbyá, também vale lembrar que outros povos migraram para a cidade e dividem-se pela periferia, como os Fulni-ô, os Kariri-Xocó e os Pankararu (estes últimos instalados na favela Real Parque).
    Apesar dos indígenas É importante dizer que São Paulo é uma das cidades do Brasil com mais índios entre seus habitantes – segundo dados de 2012 do IBGE, era a o quarto município do país.
    https://www.facebook.com/yvyrupa/

Leave a Comment