Segurança no carnaval: dicas para o feriado

Segurança no carnaval: dicas para o feriado

O pré-carnaval chegou e os blocos de rua tem animado a cidade; os foliões anteriormente já se preparam com ensaios para a chegada do evento.

segurança-no-carnaval
Imagem: Divulgação

O perigo do carnaval!

Neste ano, cerca de 200 aparelhos celulares são roubados diariamente em São Paulo. Certamente, este número se elevou para mais de 800 nos períodos em que aconteceram ensaios dos blocos na capital paulista. A Polícia Militar contudo, afirma que em casos de roubo e furto, é importante fazer o boletim de ocorrência o mais rápido possível.

Com o efeito negativo dos crimes, uma das organizações a se pronunciar foi a do Festival do Baixo Augusta. Na semana passada, como resultado dos relatos de furtos e agressões, o grupo fez uma reunião com os órgãos de segurança pública para o reforço do policiamento. Em resumo, o Baixo Augusta afirma que atendeu a todas as solicitações do Batalhão da área.

Por isso, para aproveitar os dias de festa com tranquilidade, o especialista em segurança do GRUPO GR, Rogério Rodrigues, separou algumas dicas para o melhor aproveitamento dos ensaios!

  • Se o uso do transporte coletivo for a principal forma de transição pela cidade pra você, seja o mais discreto possível: não exiba joias, celulares, câmeras digitais ou dinheiro;
  • Se não houver extrema necessidade, saia com quantias pontuais de dinheiro ou principalmente cartões, débito ou crédito;
  • Embora complicado, procure sempre abrir a carteira ou a bolsa em lugares estratégicos;
  • Não deixe sua carteira no bolso de trás, pois é um alvo de ladrões durante a aglomeração de pessoas.
  • Ao fazer uma selfie durante o desfile do bloco, muito cuidado. Primeiramente, certifique-se se não há alguém observando sua ação e seja rápido.
  • Na volta para casa, procure andar em ruas com movimento e bem iluminadas.
  • Se sentir que está sendo seguido, entre em algum estabelecimento comercial ou atravesse a rua.
  • Ao sair sozinho, procure sempre ficar no centro da calçada e na direção contrária ao trânsito. Fica mais fácil perceber a aproximação de um suspeito.
  • No caso de furto ou qualquer ocorrência policial, não perca tempo, comunique imediatamente à Delegacia de Polícia mais próxima da área.

Curtindo o carnaval com as crianças

  • Se você estiver levando crianças identifique-as com o nome, endereço e telefone, de maneira bem visível.
  • Normalmente, as crianças não sabem passar informações para ajudar a encontrar seus responsáveis. Por isso, o ideal é que elas tenham uma identificação, como pulseiras ou etiquetas pregadas na roupa com o nome, endereço e telefone dos pais.
  • Se estiver num bloco na praia, mostre para as crianças referências fixas de onde a família está instalada, como uma placa, uma barraca ou um prédio diferenciado.
  • É recomendável que os pais orientem seus filhos para que eles nunca acompanhem estranhos.
  • Não é recomendável que crianças carreguem celulares ou câmeras digitais sozinhas para não atrair a ação de criminosos.
  • A criança deve ser orientada também a reconhecer e buscar ajuda com policiais, casos se sintam perdidas ou assustadas.
  • Se a criança se perder, a primeira coisa a ser feita pelo responsável é sempre procurar pela segurança local.
  • Nas praias, no caso da criança se perder, é importante buscar ajuda com o salva-vidas ou o corpo de bombeiros.
  • Na maioria dos casos, a prevenção é a melhor solução. Andar de mãos dadas com a criança durante os dias de folia é uma ótima opção. Desta forma, não é possível perdê-la de vista.

 

Veja também: Bloco dedicado ao ska estreia neste ano no Carnaval de Rua paulistano

 

Sobre o autor

Comentários