Duda Beat é confirmada no 23º Cultura Inglesa Festival

Duda Beat é confirmada no 23º Cultura Inglesa Festival

A  23º edição do Cultura Inglesa Festival tem seu line-up reforçado pela cantora pernambucana, que divide o palco com a britânica Lily Allen no dia 9 de junho no Memorial da América Latina. Realizado anualmente pela Cultura Inglesa, o Festival acontece em São Paulo entre os dias 24 de Maio e 16 de Junho e promove uma experiência multicultural e multidisciplinar inteiramente gratuita com exposições, mostras de cinema, espetáculos de dança, teatro e muito mais. A edição deste ano ainda traz o o Universo Gamer para uma exposição imersiva no Centro Cultural São Paulo.

Definida como a “rainha da sofrência pop”, Duda Beat é natural de Recife e radicada no Rio de Janeiro. Seu primeiro álbum “Sinto Muito” resulta em uma mistura de gêneros musicais como o Tecnobrega, o Pop, o Axé e o Dub. Como um diário recheado de desabafos ácidos, as letras de Duda Beat dão voz a uma jovem mulher romântica que não consegue se adaptar à fluidez dos relacionamentos contemporâneos, com hits como “Back to Bad”, “Bédi Beat” e “Bixinho“. Nesta edição do Cultura Inglesa Festival, além de apresentar seu primeiro álbum, a artista apresentará um setlist que homenageará a cultura britânica e artistas pop que a inspiram.

Expoente da música brasileira, a cantora foi indicada como artista revelação aos prêmios Women´s Music Event Awards e SIM-SP. Ganhou Prêmio Revelação na categoria Música Popular pela APCA 2018 (Associação Paulista de Críticos de Artes). “Abrir pra Lily Allen é um sonho. Cheguei a conversar com minha empresária pouco tempo antes de chegar o convite o quanto eu gostaria de conhecê-la. Eu estou feliz demais de cantar com ela” diz Duda Beat sobre sua participação no 23º Cultura Inglesa Festival. “Lily faz parte de uma gama de artistas super talentosos do Reino Unido e no meu show vou cantar alguns deles também: posso adiantar que vai ter cover de George Michael e das Spice Girls.”, revela a artista.

Além de Lily Allen e Duda Beat, sobe ao palco no dia 9 de junho a banda Malaska. A vencedora do Cultura Inglesa Rock Festival, competição de banda de alunos da Cultura Inglesa, apresenta setlist com referência no Classic e Hard Rock misturados com referências atuais. Informações sobre retirada de ingressos para o show serão divulgadas em breve.

I, Game: Interpretar, Investigar, Imaginar

A 23ª edição do Cultura Inglesa Festival apresenta a exposição imersiva “I, Game: Interpretar, Investigar, Imaginar”, convidando os visitantes a brincar a partir de experiências lúdicas e interativas onde será possível jogar e conhecer a história, a riqueza e a inteligência existentes por trás do desenvolvimento dos videogames e sua influência na cultura pop. Flávia Gasi e Pablo Miyazawa são os curadores responsáveis pela programação que explora o universo gamer no Festival. “Os videogames representam um mundo infinito de referências e conexões. Como curadores, será um prazer presenciar o público desvendar esses pequenos detalhes” diz Flávia. “Além de contextualizar a importância atual dos videogames, a exposição também reforça o impacto inestimável do Reino Unido na maneira como jogamos hoje em dia” complementa Pablo. A exposição desembarca no Centro Cultura São Paulo, próximo ao metrô Vergueiro, dos dias 24 de maio a 16 de junho.

O Universo Gamer também invadiu a programação de cinema. O festival dedica a mostra “Heróis Britânicos” para a exibição dos clássicos britânicos que conectam o mundo dos games com o das telonas. A mostra acontece nos três primeiros dias do festival no Centro Cultural São Paulo. No dia 24 de maio, sexta-feira, o “Excalibur Day”, com três versões distintas das clássicas lendas arturianas: “Lancelot, o primeiro cavaleiro” (1995), “Rei Arthur” (2004) e “Rei Arthur – A lenda da espada” (2017). No dia 25 de maio, sábado, o “Lara´s Day” apresenta três versões distintas de Lara Croft, a heroína britânica dos games: “Lara Croft: Tomb Raider” (2001), “Lara Croft: Tomb Raider – A origem da vida” (2003) e “Tomb Raider: A origem” (2018). E no dia 26 de maio, domingo, o Festival apresenta o “Detective Day”, com três versões dos clássicos britânicos de detetive: “Os 7 suspeitos” (1985), “O enigma da pirâmide” (1985) e “Sherlock Holmes” (2009). A retirada gratuita de ingressos acontece meia hora antes da primeira sessão de cada dia – um ingresso por pessoa.

Sobre o autor

Paulista da gema, jornalista formado pela UMESP que atua como assessor de imprensa. Amo a vida na cidade grande, mas também gosta da tranquilidade do campo. Cinéfilo, geek, amante de livros e das coisas que a natureza dá.

Comentários