Projeto semanal da Casa das Caldeiras chega ao fim com evento de samba

Projeto semanal da Casa das Caldeiras chega ao fim com evento de samba

Neste domingo (26/05), das 10h às 23h, a Casa das Caldeiras (Av. Francisco Matarazzo, 2000 – Água Branca) encerra com chave de ouro o programa semanal Tododomingo Musical em SP com o evento Samba do Sol e uma roda de conversa com a produtora cultural Inti Queiroz.

Com foco na produção cultural independente, no acesso à arte e à cultura, desde o seu surgimento, o projeto acolheu produtores das mais diversas linguagens, que ocuparam um dos principais patrimônios históricos da cidade de São Paulo com arte e diversidade. “Só temos que agradecer aos coletivos e artistas parceiros, aos patrocinadores e ao público querido, que se deixaram envolver com afeto pelo nosso trabalho. O Tododomingo contribuiu para a promoção do patrimônio material e imaterial, difundindo diferentes vertentes artísticas e musicais com muita força”, celebra a equipe do projeto, que revezava diversos eventos musicais e culturais a cada domingo no decorrer de sua duração.

O domingo na Casa das Caldeiras começa com uma roda de conversa/oficina mediada pela produtora cultural e especialista em leis de incentivo à cultura Inti Queiroz sobre as perspectivas de incentivo à produção cultural brasileira nesses tempos de desmontes. Assim, o tema da conversa é “Como financiar seu projeto cultural em tempos tão difíceis?”. A ação acontece das 10h30 à 13h e será traçado um panorama das perspectivas futuras para o setor cultural, tanto em nível estadual, quanto municipal.

E é em clima de festa que a programação da última edição do Tododomingo segue com o evento Samba do Sol, que tem entrada gratuita e reúne uma série de atrações especiais e rodas de samba a partir das 15h.

Após 10 anos de realização, contribuindo para a promoção do patrimônio histórico e de vertentes artísticas e musicais de forma dinâmica e criativa, o projeto Tododomingo Musical em SP encerra um ciclo e cede espaço para que a Casa das Caldeiras movimente os domingos com novos horizontes. A equipe do projeto já prevê lançamentos futuros com novos formatos de atividades, sempre acolhendo com afeto e cuidado o público e os artistas.

“É um tempo de reformular as ideias, vontades e formatos, que com certeza vão dar ainda mais alegrias à população que se inspira no espaço da Casa das Caldeiras e de sua dinâmica artística e cultural”, explicam os responsáveis pelo projeto semanal que chega ao fim.

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis alterações nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. Vive uma relação de amor e ódio com São Paulo. Ótima companhia pra uma cerveja gelada. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários