Casa Guilherme de Almeida realiza novos cursos gratuitos de cinema

Casa Guilherme de Almeida realiza novos cursos gratuitos de cinema

As atividades acontecem entre julho e setembro de forma gratuita na instituição

Casa Guilherme de Almeida – R. Macapá, 187 – Sumaré, São Paulo

O cinema feito por mulheres latino-americanas, a narrativa vampiresca do irlandês Abraham “Bram” Stoker, autor do romance epistolar Drácula, e o cinema alemão a partir da década de 1970 são os temas dos novos cursos da Casa Guilherme de Almeida que acontecem entre os dias 20 de julho e 7 de setembro, sempre às 14h de forma totalmente gratuita. 

Pela primeira vez, a instituição recebe em sua programação, o ciclo intitulado “Mulher na direção“, que se inicia dando destaque às diretoras latino-americanas, mas que seguirá pelos próximos meses expondo o que há de melhor no cinema mundial realizado por mulheres. O debate traz um panorama sobre a variedade de filmes feitos por mulheres latino-americanas e o lugar desse recorte na área audiovisual. Com mediações das especialistas Joyce Pais e Luísa Pécora, a atividade amplia reflexão sobre a diversidade dessa produção por meio de exibições dos longas-metragens Jovem aloucada (Chile, 2012), de Marialy Rivas, Que bom te ver viva (Brasil, 1989), de Lúcia Murat, e Pelo malo (Venezuela, 2013), de Mariana Rondón. As inscrições podem ser feitas aqui.

Já na semana do dia 22 a 26 de julho, às 19h, e 27 de julho, às 14h, os críticos de cinema Fernando Brito e Raphael Cubakowic, ministram o curso Drácula no cinema. Durante as aulas, os profissionais abordam a criação vampiresca de Bram Stoker, a forma que essa abordagem foi adaptada no cinema e debatem sobre o filme Nosferatu (Alemanha, 1922), de Friedrich Wilhelm Murnau, uma das releituras clássicas de Drácula a ser exibido no último encontro. O curso oferece 50 vagas e as inscrições podem ser realizadas aqui.

Encerrando o mês de julho, no dia 29 e no dia 2 de agosto, o curso Novo Cinema Alemão apresenta a produção cinematográfica da Alemanha resgatando a precisão técnica, estética e de linguagem que não eram vistas desde a época expressionista, a qual foi limitada pelo período nazista. As novas configurações políticas, sociais, econômicas, culturais e psicológicas do pós-guerra começaram a integrar os filmes a partir dos anos 1970. Com aulas ministradas pelo jornalista e escritor Franthiesco Ballerinio curso inclui trabalhos dos diretores Wim Wenders, Rainer Werner Fassbinder e Werner Herzog. O curso oferece 50 vagas e as inscrições podem ser realizadas aqui.

A grade de cursos pretende resgatar e fomentar o debate em torno da diversidade do universo do cinema, à moda dos antigos cineclubes. Por isso, nossa programação é diversa e abarca várias tendências dos estudos do filme. Neste momento, estamos oferecendo ao público um panorama sobre o revolucionário Novo Cinema Alemão, que revelou diretores indispensáveis, como Wim Wenders, Werner Herzog e Reiner Werner Fassbinder”, afirma Donny Correia, coordenador do Núcleo Cinematographos de Estudos de Cinema da Casa Guilherme de Almeida.

A Casa Guilherme de Almeida faz parte da Rede de Museus-Casas Literários, instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerenciadas pela Poiesis.

Serviço

Quando?

20 de julho e 7 de setembro

Onde?

Casa Guilherme de Almeida - R. Macapá, 187 - Sumaré, São Paulo

Quanto Custa?

GRÁTIS

Sobre o autor

Jornalista pela PUC-SP e autor do documentário "Pegadas da Lama", escreve sobre Cultura e Cidades. Apaixonado pelas lentes da fotografia e dos documentários, gosta de observar as pessoas, as relações, os prédios e as janelas. Sagitariano inquieto, está sempre indo e vindo por São Paulo em uma relação complexa para poucos caracteres.

Comentários