033 Rooftop do Teatro Santander recebe espetáculo Zorro – Nasce Uma Lenda

033 Rooftop do Teatro Santander recebe espetáculo Zorro – Nasce Uma Lenda

Estreia hoje, 02 de agosto, no 033 Rooftop do Teatro Santander, o musical Zorro – Nasce uma lenda, estrelado por Marcos Mion, Letícia Spiller, Bruno Fagundes e Nicole Rosemberg.

Com direção de Ulysses Cruz, a proposta do espetáculo é realizar uma imersão na cultura espanhola, fazendo com que a plateia se sinta, de fato, em uma tradicional taberna da Espanha.

Para isso, a encenação sai dos moldes convencionais, com um palco italiano tradicional, para ser apresentada do ponto de vista de um tablao flamenco, que conta com dois palcos e cadeiras dispostas de maneira que o público fique próximo dos atores e tenha vários ângulos de visão.

A interação pode ser sentida desde a chegada ao local, pois a primeira visão que as pessoas têm ao sair dos elevadores é a do camarim, onde é possível ver toda a preparação do elenco antes de entrar em cena.

“Está tudo exposto, tudo desnudado”, conta Ulysses.

Letícia Spiller em ensaio da peça (Foto: Gal Oppido)

Complementando a experiência imersiva, o Rooftop abrirá com 1h de antecedência, período em que haverá uma trupe fazendo apresentações de dança entre as mesas, onde os espectadores poderão participar de uma aula de dança flamenca com música ao vivo e comprar vinhos e tapas espanholas.

“A ideia é que o público mergulhe no espetáculo e se sinta realmente em uma taberna”, comenta o diretor.

Um herói humano

Inspirado no livro “Zorro: Começa a Lenda”, da escritora chilena Isabel Allende, Zorro- Nasce Uma Lenda conta a trajetória de Don Diego de La Vega, um jovem membro da aristocracia californiana em meados do século XIX, antes de ele ser o Zorro, fazendo um rito de passagem da mocidade dele para a idade adulta, permitindo o desenvolvimento da personalidade do personagem, seus conflitos e fragilidades ao longo do espetáculo.

“Temos a oportunidade de mostrar a história pregressa dele, antes de ele se tornar o herói. Gostamos muito de ver esse herói quebrado, o herói que entra em conflito”, conta Bruno Fagundes, interprete do Zorro.

Nicole Rosemberg e Bruno Fagundes (Foto: Gal Oppido)

Para Bruno, é um grande desafio dar vida a um personagem centenário, sem trair o imaginário das pessoas.

“As pessoas que viveram nos últimos 100 anos conhecem o zorro. Eu quero trazer a minha contribuição para o personagem, mas sem decepcionar quem ama ele”, finaliza o ator.

Interprete do vilão Ramon, Marcos Mion também elogia o caráter de Zorro, que terá grandes embates com seu personagem.

“Zorro é um herói muito legal, ele é muito inspirador. É um herói muito nobre, que luta por igualdade, por valores. Todos os princípios dele são admiráveis”, comenta.

Marcos Mion (Foto: Gal Oppido)

Força feminina em cena

Conhecida por seus trabalhos em novelas e vinda do teatro musical underground, Letícia Spiller da vida à cigana Inez, uma personagem descrita por Letícia como mística e mítica.

“Ela é uma figura muitas vezes até etérea, é diferente de uma visão romântica. A Inez traz uma espiritualidade, força do feminino, força que conduz, que gera, que da vida… Ela representa essa energia potencializada”, comenta, afirmando que tem sido um grande aprendizado fazer esse trabalho.

“É desafiador cantar e dançar, coisas que precisam de um preparo físico que eu ainda estou adquirindo. Eu não estou na minha zona de conforto e isso é o que me atrai”, conclui.

Nicole Rosemberg (Foto: Gal Opiddo)

Do outro lado, está a mocinha Luísa, par romântico de Zorro, que, embora seja uma mocinha e a ponta de um triângulo amoroso, é um personagem de personalidade forte.

“A Luisa traz um feminismo, uma força e uma coragem que eu acredito que é preciso falar sobre”, explica Nicole.

Trilha sonora

Recheado de humor, efeitos especiais, dança, luta e muita música flamenca, o musical inclui em sua trilha sonora canções originais e alguns dos maiores sucessos do grupo Gipsy Kings, hits consagrados em todo o mundo, a exemplo de “Djobi, Djoba”, “Baila Me”  e “Bamboleo”, tema de um dos números de Letícia.

Serviço

Quando?

02 de agosto a 3 de novembro

Onde?

033 Rooftop. Teatro Santander - Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041 - Itaim Bibi, São Paulo

Quanto Custa?

Setor único | Plateia – Ingressos de R$ 37,50 a R$ 200,00 (há ingressos em alguns lugares com preço popular que são vendidos apenas na bilheteria. Confira a sua cidade)

Classificação:

Livre, menores de 12 anos acompanhados

Mais Informações:

Bilheteria física
Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041.
Domingo a quinta, das 12h às 20h ou até início do espetáculo.
Sexta e sábado, das 12h às 22h.

– Formas de pagamento
Aceita todos os cartões de crédito e débito. Não aceita cheque

Sobre o autor

Jornalista freelancer, apaixonada por pessoas e reportagens de fôlego. Trabalha com produção de conteúdo para web e está sempre atrás de um causo para contar. Adora o diferente e sente vontade de desbravar o mundo, seja de ônibus, bicicleta, avião, a pé ou de caminhão, seu veículo predileto. Natural de Salvador, há quatro anos aprende como sobreviver em São Paulo.

Comentários