Adolescentes de projeto social apresentam espetáculo sobre a história da dança

Adolescentes de projeto social apresentam espetáculo sobre a história da dança

Espetáculo com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade acontece dia 30 de outubro no Teatro União Cultural

Rede Cultural Beija-Flor, uma organização não governamental que atende anualmente centenas de crianças, adolescentes e famílias em diferentes comunidades de Diadema e Itanhaém/SP, está com uma nova iniciativa. Tribais, a Essência do Encontro” é um espetáculo que busca fazer um resgate histórico da evolução da dança, desde a linhagem africana, com a origem dos movimentos, até os dias atuais com o break e o hip hop. A próxima apresentação acontece dia 30 de outubro, às 20h, no Teatro União Cultural.

Com um total de nove apresentações, o elenco conta com 50 crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade e são atendidas pela Beija-Flor. Além disso, grandes nomes foram convocados para auxiliar no desenvolvimento do projeto. Flavia Mazal, uma das professoras mais conceituadas de dança afro, desenvolveu toda a concepção artística e conduziu os ensaios. Já a trilha sonora, ficou por conta de Emerson Villani, conhecido por trabalhos com Titãs, Gal Costa e Sandra de Sá.

Além das apresentações, a Beija-Flor também disponibilizou cinco workshops para que todos possam adquirir conhecimento e também auxiliar na produção do espetáculo. Com temas variados, cada workshop foi aberto a todos da comunidade.

Com quase dois mil atendimentos diretos, a Rede Cultural Beija-Flor busca transformar potencialidades criativas e preservar valores humanos com diversas ações nas áreas de educação, expressão artística e cultural, esporte, lazer e entretenimento, meio ambiente, geração de renda, comunicação social, educação nutricional, saúde preventiva e formação pré-profissional. Além disso, trabalha para construir nas comunidades um ambiente seguro e sociável.

Serviço

Quando?

30 de outubro

Onde?

Teatro União Cultural-Mario Amaral, 209 – Paraíso

Quanto Custa?

Entrada Gratuita

Classificação:

Livre

Sobre o autor

Olá, Eu sou Bruno Machado, sou estudante de jornalismo, tenho 21 anos e sobrevivo em São Paulo desde quando nasci. Minha relação com essa cidade é um clássico romance clichê, nos odiamos pelas manhãs, nos amamos ao decorrer do dia e me apaixono por suas noites. Em meio a essa selva-jardim de concreto, vou descobrindo cada dia locais que todo morador, turista e demais sobreviventes dessa cidade merecem visitar. No final das contas, Caetano tinha razão, "Alguma coisa acontece no meu coração, que só quando cruza a Ipiranga com Avenida São João".

Comentários