Humorista leva reflexões sobre acessibilidade e pessoas com deficiência

Humorista leva reflexões sobre acessibilidade e pessoas com deficiência

Quer fazer algo hoje à noite mas tá com a grana curta? “Sempre Vendo a Metade do Copo Cheia” terá sessão única hoje, às 20h, no Espaço Sociocultural do Teatro CIEE, no Itaim. Os ingressos são gratuitos e estão disponíveis online. Porém, os ingressos são limitados, e estão disponíveis no site www.flaviochato.com.br/proximoseventos.

Realizando o sonho de levar aos palcos seu primeiro solo, Flávio Chato iniciou em agosto a turnê de Sempre Vendo a Metade do Copo Cheia, e já percorreu 10 cidades de quatro estados brasileiros e mais de mil pessoas puderam refletir e gargalhar com as histórias de Flávio. A turnê se encerra em São Paulo, com a última sessão hoje.

Pioneiro no Sit-Down Comedy Brasileiro, uma versão “sentada” do já famoso Stand-up, Chato fez sua primeira aparição nos palcos em 2010. Embora faça as vezes de um humorista, ele prefere ser conhecido como um rapaz de boas histórias, as quais possam servir de inspiração para que as pessoas enxerguem o lado positivo das coisas. “Minha relação com a comédia se aprofundou em 2003, logo depois do acidente que me deixou paraplégico. Eu podia me abater e me lamentar, mas optei por me manter alegre e sorridente, como sempre fui. Sempre gostei de fazer as pessoas rirem, e hoje faço isso de uma maneira mais responsável, porque o que levo para o palco também tem a intenção de provocar uma reflexão”, comenta Flavio.

O mote do espetáculo versa, em resumo, sobre a inclusão social e as políticas públicas, ainda escassas em um país que contabiliza 6,7% da população como pessoas com deficiência. O percentual, bem abaixo dos 24% anteriores, é resultado de uma nova interpretação para os dados coletados no Censo 2010 – já que, agora, o IBGE contabiliza apenas as pessoas que tenham respondido ter “muita dificuldade” ou que “não conseguem de modo algum” ter “domínios funcionais centrais para participação na vida em sociedade”.

“Essa turnê foi uma experiência maravilhosa e muito especial. Estar sozinho no palco pela primeira vez e apresentando um texto meu, que tem sido super bem aceito pelo público, só consagra essa nova fase da minha carreira no humor”, conclui Flávio.

O espetáculo tem cerca de uma hora de duração e contempla tradução simultânea em libras.

Serviço

Quando?

13.11.2019

Onde?

Espaço Sociocultural - Teatro CIEE
Rua Tabapuã, 445
Itaim Bibi

Quanto Custa?

Ingressos grátis e limitados

Sobre o autor

Jornalista que, por brincadeira do destino, quase cursou biomedicina e começou publicidade e propaganda. Adora assuntos relacionados a cultura e saúde. Tem paralisia cerebral, lesão que provocou sua deficiência física, afetando também sua fala.

Comentários