São Paulo recebe ópera gratuita em homenagem ao mês da consciência negra

São Paulo recebe ópera gratuita em homenagem ao mês da consciência negra

David Marcondes, brasileiro reconhecido como um dos melhores barítonos do mundo é destaque no espetáculo Treemonisha

O brasileiro David Marcondes, solista há mais de 20 anos no Theatro Municipal, é considerado o melhor barítono da América Latina e um dos melhores do mundo. No mês da consciência nega, o músico realiza duas apresentações gratuitas em São Paulo. David Marcondes interpretará Ned, um dos personagens principais na Ópera Treemonisha, do compositor norte –americano, Scott Joplin. Os espetáculos ocorrem dia 27 de novembro no teatro Ane Frank, no clube A Hebraíca, e no dia 29 de novembro, no Auditório do Ibirapuera.

A apresentação da Ópera Treemonisha é em homenagem aos 50 anos do Coro Luther King e com a participação especial da orquestra de câmera Camerata Sé em comemoração à Consciência Negra. A obra originalmente é composta apenas por atores e cantores negros.

A Ópera Treemonisha conta a história de um casal, que vive em uma comunidade negra de plantadores de algodão no Sul dos Estados Unidos, no contexto histórico após o fim da escravidão. O casal encontra debaixo de uma árvore sagrada e mágica, uma menina. A criança é criada de forma muito especial e chamada Treemonisha, por uma senhora branca da casa onde o casal negro trabalha. A ópera ganhou o prêmio Pullitzer da música em 1976.

Sobre David Marcondes

Reconhecido em 2016 como o melhor barítono do mundo, David Marcondes é solista do Theatro Municipal há mais de 20 anos e no momento está em cartaz no espetáculo Viúva Alegre, de Miguel Falabella.

Com carreira nacional e internacional, David Marcondes, deu vida ao Barbeiro de Sevilha, protagonista de uma das óperas mais aclamadas do mundo, um avanço na história das óperas interpretadas no Brasil, onde artistas negros ainda s. O Barítono coleciona participações nas principais óperas.

Em 2016, David Marcondes foi um dos convidados especiais para cantar na ópera AIDA no Festival Internacional Opera in Piazza a Oderzo, em Treviso, Itália. E também no Japão.

O músico também foi solista em renomados festivais líricos na Espanha, Itália e França. Fez interpretações em diversos espetáculos líricos, cantatas musicais em grandes teatros brasileiros com performances de obras clássicas, eruditas e populares.

Serviço

Ópera Treemonisha

Dia 27/11

Horário: 21h

Local: Teatro Anne Frank – Clube A Hebraica

Rua Hungria, 1000

 

Dia 29/11

Horário: 21h

Local: Auditório do Ibirapuera

Av. Pedro Álvares Cabral – Parque do Ibirapuera-Vila Mariana

Entrada Gratuita

Sobre o autor

Olá, Eu sou Bruno Machado, sou estudante de jornalismo, tenho 21 anos e sobrevivo em São Paulo desde quando nasci. Minha relação com essa cidade é um clássico romance clichê, nos odiamos pelas manhãs, nos amamos ao decorrer do dia e me apaixono por suas noites. Em meio a essa selva-jardim de concreto, vou descobrindo cada dia locais que todo morador, turista e demais sobreviventes dessa cidade merecem visitar. No final das contas, Caetano tinha razão, "Alguma coisa acontece no meu coração, que só quando cruza a Ipiranga com Avenida São João".

Comentários