Com shows intimistas, Frank Turner faz turnê de estreia no Brasil em abril

Com shows intimistas, Frank Turner faz turnê de estreia no Brasil em abril

O britânico Frank Turner foi um dos pioneiros na mistura de punk com folk, mostrando que é possível ser sensível nas melodias sem perder o engajamento político e social que já exibia em sua primeira banda, o Million Dead. Em abril, o músico enfim faz sua aguardada estreia na América Latina, com cinco apresentações no Brasil.

Conhecido pelo peculiar irish punk da carreira solo que iniciou em 2005, o músico já conta com oito discos lançados, coletâneas, registros ao vivo e splits, além de contribuições em músicas de vários artistas.

A inédita turnê de abril promove “No Man’s Land”, um disco pertinente aos tempos atuais na luta contra a violência e desigualdades sofridas pelas mulheres. O disco, que atingiu a terceira posição das paradas de sucesso do Reino Unido, homenageia e conta história de mulheres que marcaram época, como a ativista Huda Sha’arawi, a princesa Kassiani, a cantora e guitarrista Sister Rosetta Tharpe, entre outras.

A turnê brasileira de Frank, que será intimista e apresentará o músico munido apenas de sua voz e um violão, começa em São Paulo no dia 18/04, no Fabrique Club. Em seguida, parte para o Rio de Janeiro (19/04) e Porto Alegre (21/04), além de passar também por Curitiba (22/04) e Brasília (23/04). Chile e Costa Rica são os outros países latino-americanos que recebem o britânico neste ano.

Os ingressos para o show de Frank Turner na capital paulista, no dia 18 de abril, estão à venda pelo site da Pixelticket (neste link) e na loja Locomotiva Discos. Confira abaixo as informações completas.

Serviço

Quando?

18/04 (sábado), a partir das 18h (open doors)

Onde?

Fabrique Club (Rua Barra Funda, 1075 - Barra Funda)

Quanto Custa?

R$ 100,00 (2º Lote). Clique em "Acesse o site" para comprar seu ingresso (sujeito a taxa de conveniência).

Classificação:

16+

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. Vive uma relação de amor e ódio com São Paulo. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários