As 10 melhores séries para maratonar durante o carnaval

As 10 melhores séries para maratonar durante o carnaval

Carnaval é período de festa, folia e muitos bloquinhos. Porém, nem todos entram no ritmo de se aventurar pelas ruas de São Paulo. Agora, além de mostrarmos diversões alternativas durante esses dias, também daremos opções para você se divertir no ritmo do carnaval… direto do sofá de casa. 

Para isso, selecionamos 10 séries para você aproveitar os próximos dias de folia para maratonar e também conhecer uma nova obra. Confira só.

Fleabag (Amazon Prime Video)

 

 

 

 

 

Atualmente, tornou-se impossível falar de série de comédia e não citar Fleabag. Considerada uma das melhores dos últimos anos, os 12 episódios escritos, dirigidos e estrelados por Phoebe Waller-Bridge trazem uma narrativa única dentro do tom cômico e irônico da britânica.

Com as duas temporadas – e únicas – classificadas em 100% de aprovação no Rotten Tomatoes e recheada de prêmios, a série é um deleite para fãs do gênero. Com críticas sociais e análises do feminino, Fleabag é – e sempre será – uma ótima sugestão.

 

The Tick (Amazon Prime Video)

É inevitável dizer que a Marvel popularizou ainda mais os heróis na cultura pop. E em meio aos seus diversos filmes e séries, sempre há algum produto que chama a atenção por ser mais diferente. Apesar da Amazon Prime Video ter apresentado The Boys recentemente, o serviço de streaming já havia entregue outro produto em níveis parecidos. 

Seguindo a onda do diferente, mas ainda assim adaptando um personagem de quadrinhos, The Tick é uma divertida paródia dos super heróis clássicos. Além de ser totalmente bizarra em sua proposta original, a série é cheia de personagens tão engraçados e bizarros quanto o protagonista, dentro de apenas 24 episódios.

 

Master Of None (Netflix)

 

Apesar do comediante Aziz Ansari atualmente ser mais conhecido pelas polêmicas de assédio, sua série é facilmente classificada como uma das melhores produções da Netflix. Ácida, mas também muito humana e social, o comediante foge dos esperados estereótipos de uma série do gênero, tocando em assuntos mais dramáticos, envolvendo relacionamento e diversidade. 

Bem escrita, Master Of None resulta em muitas risadas, lágrimas e reflexões. Ou seja, uma mistura perfeita para o carnaval.

 

Queer Eye (Netflix)

É impossível que, na companhia dos Cinco Fabulosos, um carnaval seja ruim. Ainda mais com eles trazendo lições de amor próprio, empatia e respeito. Não só há todo o toque dramático que os cinco tratam com cada uma das pessoas “consertadas”, como também há toda a diversão envolvendo o realismo em cada um dos episódios.

Uma verdadeira aula para viver um carnaval mais colorido.

 

Sex Education (Netflix)

Quando o assunto é carnaval, relações sexuais fazem parte da festa. Nesse ponto, o tema mais importante passa a ser como realizá-las de maneira consciente e saudável. Então, por que não aprender com uma narrativa jovial e divertida?

Se você acha que sabe muito sobre o assunto, é hora de descer um pouco do carro elétrico para perceber que nem tudo está muito claro para todos. 

Mesmo sendo um período de muita folia, é também fundamental se divertir com consciência. Por isso, já anota na agenda que dá tempo de conferir os 16 episódios e pular o carnaval com mais conhecimento e empatia.  

 

Sintonia (Netflix)

É tempo de muito samba? É sim. Mas é impossível negar que o funk domina as paradas, não importa o ambiente. Por que não misturar os dois? 

O resultado acaba sendo a série 100% brasileira, Sintonia. Desenvolvidos pelo Kondzilla, os seis episódios trazem três protagonistas com suas diferentes realidades e lutas. Para quem é de São Paulo, é um passeio por pontos não tão conhecidos da cidade, além de uma viagem musical nas batidas mais tocantes do ritmo.

 

Homens? (Comedy Central Brasil)

Mais séries de comédia com reflexões humanas e sociais? Temos sim. Ainda mais se o assunto for sobre a masculinidade (e a fragilidade dela).

Encabeçada pelo humorista Fábio Porchat, os oito episódios tocam em assuntos relevantes para a sociedade atual, como sexo e machismo, recheados de muito humor.

 

Watchmen (HBO)

Como nos próximos dias nem todos gostam de ficar no ritmo da diversão, é importante também sugerir opções menos leves. Diretamente inspirada da série de quadrinhos de Alan Moore, a série encabeçada por Damon Lindelof (Lost) deixou sua marca em 2019 como uma das melhores produções do ano. 

Não é pra menos, já que, além de respeitar fielmente o material de Moore, os nove episódios entregam uma história fechada, coesa e totalmente bem estruturada e escrita, com temas tão relevantes quanto os tratados da HQ de 1985.

 

Barry (HBO)

Uma das queridinhas da HBO também é uma opção para fugir dos bloquinhos. Mas não se engane pelo humor da série. A obra encabeçada por Bill Hader traz tons sombrios e cenas de ação pesadas em volta de uma temática cômica e cheia de reviravoltas.

16 episódios podem assustar ou até repreender alguns espectadores com menos tempo. Mas, é só relaxar, já que cada um tem por volta de 30 minutos, ou seja, dá para terminar rapidinho. 

 

Depois conta pra gente qual dessas – ou outras – séries vocês aproveitaram entre muita festa e samba.

Sobre o autor

Comentários