Festival “É Tudo Verdade” vai apresentar programação online durante Quarentena

Festival “É Tudo Verdade” vai apresentar programação online durante Quarentena

25º Festival Internacional de Documentários apresenta um festival on-line de produções não-ficcionais, em múltiplas parcerias, num total de sete programas especiais, abrindo a celebração de seus 25 anos. o É Tudo Verdade 2020, acontece entre 26 de março e 5 de abril, com alguns ciclos estendendo-se até 23 de junho.

Chris Marker.

Entre os destaques da mostra estão a série inédita e restaurada “A Herança da Coruja”, do cineasta francês Chris Marker, o ciclo “A Situação Cinema” com cinco longas brasileiros sobre a fruição cinematográfica, e três longas-metragens e um curta-metragem da mostra “Os Primeiros Premiados”.

Além disso, o festival apresenta o ciclo “As Diretoras no É Tudo Verdade”, com dez longas-metragens dirigidos por cineastas que marcaram a história do evento, incluindo o inédito “O Segundo Encontro” de Veronique Ballot, o documentário “Os melhores anos de nossas vidas”, de Andrea Pasquini e “Domingos”, de Maria Ribeiro. Outros três longas-metragens e seis curtas da mostra “Ano 1 – A Safra Brasileira no É Tudo Verdade 1996” serão exibidos. O evento ainda celebrará a memória do cineasta José Mojica Marins (1936-2020) com dois documentários sobre o criador do Zé do Caixão.

São cerca de 50 horas de programação, brasileira e internacional, inédita e clássica, em 30 títulos distintos de longas-metragens, curtas e séries. A programação acontece em parceria com o site do Itaú Cultural, o Spcine Play e o Canal Brasil Play.

Serviço

Quando?

Entre 26 de março à 5 de abril

Sobre o autor

Pernambucano sobrevivendo em São Paulo enquanto permanece contando piadas ruins. Crítico de boteco, se destaca bebendo.

Comentários