Ação da Prefeitura leva higiene pessoal básica a moradores de rua

Ação da Prefeitura leva higiene pessoal básica a moradores de rua

A Prefeitura de São Paulo iniciou no último sábado (4) a ação “Vidas no Centro“, que visa proporcionar condições básicas para cidadãos em situação de vulnerabilidade social na região central cidade realizarem sua higiene pessoal. O objetivo é minimizar o impacto da proliferação do Coronavírus nesta população.

As operações começaram nas praças da Sé e da República. As demais estações estão sendo abertas na sequência, ao longo da semana. Em sete pontos estratégicos, que serão instalados na região do Triângulo SP* e do Centro novo, serão oferecidos sanitários masculinos e femininos. O funcionamento será em todos os dias, das 7h às 19h.

“A estrutura está pronta para oferecer banho quente e higienização para as pessoas da região. O importante é mantê-las limpas e sem aglomerações”, informou a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Berenice Gianella.

Serão três super estações, localizadas na Praça da Sé, Praça da República e Praça Cívica Ulisses Guimarães (Parque D. Pedro II), com capacidade de atendimento para até 3.000 pessoas por dia; duas estações padrão no Largo do Paissandu e Praça Ouvidor Pacheco e Silva, para atender 1.500 pessoas por dia; e outras duas estações de sanitários, sem banho, no Pateo do Collegio e Largo General Osório.

De acordo com a pesquisa censitária da população em situação de rua (2019), são 24.344 pessoas nesta condição, sendo que a maior concentração encontra-se na região central, abrangida pela Subprefeitura da Sé. Especificamente essa região soma 11.048 pessoas em situação de rua, sendo 3.455 delas acolhidas e 7.593 vivendo nas ruas.

Na região central da cidade, a Secretaria Municipal das Subprefeituras instalou 11 pias com água potável fornecida pela Sabesp para auxiliar as pessoas em situação de rua a efetuarem a higienização das mãos, nesse período de pandemia da covid-19, nos seguintes locais: Praça da Sé, Praça Ouvidor Pacheco e Silva, Largo São Francisco, Largo Paissandu, Pateo do Colégio, Praça da República, Largo do Arouche, Parque Dom Pedro, Largo General Osório e Praça da Liberdade e Praça Princesa Isabel.

*recorte do centro histórico paulistano que engloba o Largo São Bento, Pateo do Collegio e Largo São Francisco

Fonte: Prefeitura de São Paulo

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até esta data.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. Vive uma relação de amor e ódio com São Paulo. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários