Estádio do Pacaembu recebe cinema drive-in na próxima semana

Estádio do Pacaembu recebe cinema drive-in na próxima semana

O estádio do Pacaembu (Praça Charles Miller, s/n – Pacaembu), que há pouco tempo abrigava um hospital de campanha para o combate à Covid-19, deve virar o mais novo cinema drive-in de São Paulo.

Segundo publicado na última quarta-feira (15) no site da CNN Brasil, filmes e shows musicais acontecerão no local, que será inaugurado no próximo dia 23 (quinta-feira). Os ingressos são vendidos por veículo, que pode ter até 4 ocupantes. Os valores são R$ 200,00 para assistir cada filme e R$ 400,00 para curtir os shows, com a possibilidade de meia-entrada para quem tem direito ao benefício.

Assim como a maioria dos cinemas drive-in instalados na cidade, o som dos shows que o local receberá será transmitido por uma estação de rádio específica, que poderá ser sintonizada por cada veículo.

Já foi divulgada a programação de filmes (e um show) para os quatro primeiros dias do cinema. Entre eles, destacam-se “Elis – Viver é Melhor que Sonhar”, “1917”, “Bumblebee”, “Pulp Fiction”, “Central do Brasil” e o show da rapper Karol Conka. A programação completa, mais informações sobre os filmes e procedimentos gerais e como comprar seu ingresso você confere no site www.godreambrasil.com.br/cidades/sp/index-sp.

O empreendimento é administrado pela Go Dream Brasil, a rede nacional de drive-ins da Dream Factory, que inaugura mais drive-ins em outros estados do país. Segundo o portal Meio & Mensagem, tanto o cinema do estádio do Pacaembu quanto os outros da iniciativa funcionam até 13 de setembro, de quinta a domingo.

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até esta data.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. Vive uma relação de amor e ódio com São Paulo. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários