4 exposições para você conferir no Instituto Tomie Ohtake

4 exposições para você conferir no Instituto Tomie Ohtake

Instituto Tomie Ohtake reabriu com quatro exposições e projeção de vídeos do projeto #JuntosDistantes

O programa de reabertura trouxe duas mostras inéditas e retoma duas interrompidas pela pandemia. Serão inauguradas as exposições dos selecionados do 7º Prêmio EDP nas Artes e do 2º Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake Leroy Merlin; e voltam em cartaz as individuais de Mariana Palma e de Tomie Ohtake. Será projetado ainda, em uma das salas, a coleção de vídeos #JuntosDistantes, produzida pelo Instituto Tomie Ohtake durante a quarentena, com depoimentos de 40 pensadores e artistas sobre a experiência do isolamento.

Além de receber visitantes respeitando a capacidade permitida por sala e o estabelecimento de um único percurso, o Instituto Tomie Ohtake oferece a interessados de todo o Brasil, mediante agendamento, conversas on-line para grupos de 20 pessoas e experimentações artísticas a serem realizadas em casa para grupos de 15, ambas relacionadas às mostras, terças e quintas, às 10h ou 14h.  Já as visitas mediadas presenciais, restritas a grupos pré-agendados de até 4 pessoas, acontecem sextas e sábados, às 11h ou 14h.  

Atendendo a todos os protocolos exigidos aos centros culturais pela Prefeitura de São Paulo, o Instituto Tomie Ohtake abre as portas para o público, com mudanças no horário de funcionamento, que será inicialmente de sexta a domingo das 12h às 17h.

Exposição: 7º Prêmio EDP nas Artes
(até 10 janeiro 2021)

Emerson Munduruku – Uyra Sodoma, 2019 , Boiuna. Foto Matheus Belém

Voltado para estimular a produção artística contemporânea, o Prêmio EDP nas Artes é dedicado a jovens artistas de todo o Brasil, nascidos ou residentes no país há pelo menos dois anos, com idade entre 18 e 29 anos. A iniciativa, além da premiação, contempla uma série de atividades ao longo do ano, como cursos, palestras, lives e workshops em regiões brasileiras onde o acesso à arte contemporânea é mais restrito.  http://premioedpnasartes.institutotomieohtake.org.br

Exposição: 2º Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake Leroy Merlin
(até 29 novembro 2020)

Hortas Verticais e Horizontais e Cooperativa – Crédito: Gabriela Chiappa da Rosa

Com perfil distinto das usuais premiações de design, o Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake Leroy Merlin tem uma proposta inovadora: abdicando de categorias de premiação, propõe a cada edição um tema-desafio a estudantes universitários. A partir desse tema, projetos podem ser inscritos por universitários e recém-formados de qualquer área, não se restringindo somente a estudantes de design. A ideia é premiar propostas que destaquem e concebam a relação do design com outros campos, como arquitetura, biologia, engenharia, moda, tecnologia e ciências sociais. premiodesign.institutotomieohtake.org.br

Exposição: Lumina, de Mariana Palma
(até 15 novembro 2020)

Mariana Palma, Sem Título, 2009, Óleo sobre tela, 170 x 230 cm, Coleção Particular

Em Lumina, mostra retrospectiva e primeira individual de Marian Palma em uma instituição cultural na capital paulista, estão reunidos cerca de 50 trabalhos que repassam os quase vinte anos de carreira da artista, fundamentada, sobretudo, na pintura e no desenho. Segundo a curadora Priscyla Gomes, o conjunto de obras demonstra a recorrência com que a artista se refere à ideia de integração de partes e de superfícies que se tocam e atritam dando forma a um novo corpo.

Articulando composições ricas em texturas, quase sempre com cores intensas, a obra de Palma provoca a ilusão de sensações táteis, seduzindo o olho do espectador. Segundo a curadora, Lumina, que dá nome à mostra, se refere ao mito de Orfeu, sintetizado no instante em que ele fica cara a cara com Eurídice e a luz dos seus olhos emite um raio em sua direção. (Orfeu foi buscar a amada no mundo dos mortos e conseguiu libertá-la com a promessa de não olhar para trás, mas sucumbiu).

Exposição: Tomie Ohtake: Poesia se medita
(até 15 de novembro de 2020)

Em Tomie Ohtake: Poesia se medita, exposição de longa duração que ocupa a sala especial dedicada à artista, a proposta curatorial relaciona a sua obra com a poesia oriental, sobretudo o haicai – poesia de síntese, a arte da forma elementar, dos gestos conscientes e objetivos. “Como na obra de Tomie, o haicai busca atingir a experiência pela essência da linguagem”, completa a curadora Luise Malmaceda, do Núcleo de Pesquisa e Curadoria do Instituto Tomie Ohtake.

O título da exposição “Tomie Ohtake: poesia se medita”, foi retirado de um poema do Haroldo de Campos, em “Teoria e prática do poema”, 1952:  “o Poema se medita/ como um círculo medita-se em seu centro/ como os raios do círculo o meditam/ fulcro de cristal do movimento”.

As gravuras reunidas na mostra refletem como Tomie soube inovar também nesta técnica, pela qual ganhou reconhecimento internacional a partir de 1972, quando foi convidada a participar da sala Grafica D’Oggi na Bienal de Veneza – exposição que contou com a presença dos mais importantes artistas do mundo, como os norte-americanos da Pop Art  -, além de sua participação na Bienal de Gravura de Tóquio, em 1978, tradicional mostra internacional desta linguagem.  

Vídeos #Juntos Distantes
(até 22 de novembro de 2020)

 Durante a pandemia, a convite do Instituto Tomie Ohtake, 40 dos mais influentes pensadores e artistas se engajaram gentilmente neste projeto que reuniu depoimentos sobre questões diversas ligadas ao período de isolamento social vivido no Brasil e no mundo. Toda a semana, de abril a setembro, foram postados os vídeos e 3 a 6 minutos nas plataformas digitais do Instituto. O conjunto, que será projetado em uma das salas expositivas, é uma rara oportunidade de o público conferir a reflexão sobre este período sem precedentes no panorama mundial, de figuras da filosofia, da literatura, da educação, da música, do cinema, do teatro, da dança e das artes visuais.

Instituto Tomie Ohtake
De sexta a domingo, das 12h às 17h – entrada franca
Conversas on-line e visitas mediadas: informações e agendamento [email protected]

Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima 201 – Complexo Aché Cultural
(Entrada pela Rua Coropés, 88) – Pinheiros SP – Metrô mais próximo – Estação Faria Lima/Linha 4 – amarela
Fone: 11 2245 1900 | www.institutotomieohtake.org.br

Sobre o autor

Desenvolvi a identidade visual do Sobreviva em São Paulo e criei o blog quando a página no Facebook tinha mais ou menos um ano. Atualmente, além de produzir contéudo para o blog e cuidar do back-end, tenho foco no gerenciamento dos perfis do Instagram e Pinterest. Sou graduado em publicidade e propaganda, pós graduado em gestão empresarial e marketing pela ESPM e trabalho em uma agência de publicidade.

Comentários