Amanhã as Fábricas de Cultura retomam parte do atendimento presencial

Amanhã as Fábricas de Cultura retomam parte do atendimento presencial

Após sete meses realizando toda a programação de forma virtual, as Fábricas de Cultura (Jaçanã, Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia, Capão Redondo e Jardim São Luís) retomam parte das suas atividades presenciais no dia 27 de outubro. 

As Fábricas de Cultura Jaçanã, Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia, Capão Redondo e Jardim São Luís, gerenciadas pela Poiesis, passam a funcionar de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, apenas para parte das atividades formativas e seus aprendizes matriculados. Já as bibliotecas ficarão abertas das 10h às 16h, priorizando a devolução e renovação do empréstimo de livros. 

Inicialmente, as unidades da zona norte e sul de São Paulo serão abertas somente para turmas já matriculadas e frequentes de parte dos Ateliês de criação e Trilhas de produção, com redução nos números de aprendizes presenciais e na duração das aulas, distribuídas pelos períodos da manhã e tarde. Pelo site  http://www.fabricasdecultura.org.br/index.php?t=i, redes sociais do Programa ou via telefone de cada unidade, o público consegue obter mais informações sobre os serviços disponíveis, as novas medidas que devem ser respeitadas e tirar dúvidas.  

Ateliês de criação e Trilhas de produção

Será feito o controle de entrada dos aprendizes dos Ateliês de criação e Trilhas de produção, divididos em grupos menores do que o total de matriculados em cada turma, por meio de escala de aulas nos períodos da manhã e tarde, entre terça e sexta-feira, com frequências alternadas nas semanas. O número de atividades e de aprendizes em cada unidade das Fábricas de Cultura estará restrito, além dos ambientes para as aulas devidamente organizados para evitar aglomeração. As áreas abertas e ao ar livre como gramado, marquise e estacionamento terão prioridade de uso por poder comportar até 15 pessoas em uma atividade dentro das regras de distanciamento.

Serão priorizados os aprendizes que estão presentes nas atividades on-line e que desejam continuar de forma presencial. Os menores de 18 anos terão os responsáveis consultados e com autorização preenchida pelos mesmos. Os demais aprendizes continuam remotamente, como está sendo praticado, até a possibilidade autorizada de maior flexibilização. Todos serão informados previamente pela área artístico-pedagógica das Fábricas de Cultura.

As durações das aulas presenciais seguem de modo reduzido, até 1h30, e o lanche será distribuído para consumo em casa. Entre as linguagens trabalhadas pelos Ateliês e Trilhas está a música, teatro, circo, dança, artes visuais, xilogravura, cinema, literatura e economia criativa.

Bibliotecas

As bibliotecas ficarão abertas de terça a sexta-feira, das 10h às 16h. Aos finais de semana esse espaço estará fechado. Na primeira semana, entre os dias 27/10 e 30/10, o atendimento será focado nos frequentadores que precisam devolver os livros retirados, com a possibilidade de renovar o pedido de empréstimo. Não será permitida a circulação nos espaços dos acervos, dessa forma a equipe de trabalho poderá auxiliar na seleção e escolha do título desejado, além de fazer mediações para evitar aglomeração. O tempo de empréstimo aumentará, com a possibilidade de ficar com dois livros por até 30 dias.

A partir do dia 3 de novembro as bibliotecas retornam com o laboratório de pesquisa disponível no período máximo de 45 minutos para cada pessoa interessada. Nesse espaço, os computadores estarão organizados com a distância de 1,5m.

Jornais e revistas não serão disponibilizados pelas bibliotecas das Fábricas de Cultura, para reduzir o manuseio desses materiais pelo acervo. Já a programação lúdica, que visa incentivar a leitura dos frequentadores de diversas idades, será mantida de modo on-line pelas plataformas digitais do Programa (YouTubeFacebookInstagram e SoundCloud).

SERVIÇO:

Funcionamento das Fábricas de Cultura das zonas norte e sul da cidade de São Paulo a partir de 27/10:
Terça a sexta-feira, das 9h às 17h, apenas para aprendizes matriculados em parte dos Ateliês e Trilhas que iniciarão presencialmente.


Bibliotecas estarão abertas entre terça e sexta-feira, das 10h às 16h, especificamente para devolução e renovação do empréstimo de livros.

A partir do dia 3 de novembro, retornam também com o laboratório de pesquisa com computadores organizados na distância de 1,5m, além de ficar disponível no período máximo de 45 minutos para cada pessoa interessada.

Fábrica de Cultura Brasilândia
Avenida General Penha Brasil, 2508 | Telefone: (11) 3859-2300

Fábrica de Cultura Capão Redondo
Rua Bacia de São Francisco, s/n | Telefone: (11) 5822-5240

Fábrica de Cultura Jaçanã
Entrada 1: Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 | Entrada 2: Rua Albuquerque de Almeida, 360 | Telefone: (11) 2249-8010

Fábrica de Cultura Jardim São Luís
Rua Antônio Ramos Rosa, 651 | Telefone: (11) 5510-5530

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha
Rua Franklin do Amaral, 1575 | Telefone: (11) 2233-9270

www.fabricasdecultura.org.br | E-mail: [email protected]

Acessibilidade: as Fábricas de Cultura Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia, Jaçanã, Capão Redondo, Jardim São Luís e Diadema oferecem rampa de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, elevador, sanitários acessíveis, piso táctil, equipamentos que permitem a leitura para pessoas com deficiência visual e motora, impressoras braile, leitor de audiobooks e acervo com mais de 110 exemplares em braille (livros e áudio-books).

Sobre o autor

Desenvolvi a identidade visual do Sobreviva em São Paulo e criei o blog quando a página no Facebook tinha mais ou menos um ano. Atualmente, além de produzir contéudo para o blog e cuidar do back-end, tenho foco no gerenciamento dos perfis do Instagram e Pinterest. Sou graduado em publicidade e propaganda, pós graduado em gestão empresarial e marketing pela ESPM e trabalho em uma agência de publicidade.

Comentários