Helio Laniado dá 10 dicas para quem quer começar investir em 2022

Helio Laniado dá 10 dicas para quem quer começar investir em 2022

Se você está em busca de dicas para começar investir em 2022, então esse conteúdo foi feito para você! Muitos interessados em investir têm várias dúvidas sobre o processo e como funciona.

Caso você também se encaixe nesse grupo, saiba que investir não é um bicho de sete cabeças.

Para criar uma matéria completa sobre esse assunto tão importante e esclarecer todas as suas dúvidas, conversamos com o especialista em finanças e investimentos Hélio Laniado. Continue lendo esse conteúdo para conferir dicas úteis.

10 dicas para começar investir em 2022

Ao contrário da crença popular, investir não é algo complicado e que requer uma grande quantia inicial. Fazer o seu dinheiro trabalhar para você é uma ótima forma de aproximar-se mais de seus sonhos.

Para o especialista Hélio Laniado é preciso levar em conta algumas estratégias de iniciantes para você sentir-se mais seguro. Sendo assim, confira logo abaixo algumas dicas para começar a investir em 2022.

Vamos mostrar como começar a investir não é algo extremamente complicado e deve ser um hábito comum se quer se aproximar dos seus sonhos.

  1. Estabeleça objetivos

Segundo Hélio Laniado, o primeiro passo para facilitar o processo é definir quais são os seus objetivos. A partir de um plano de ação e motivação, investir dinheiro com base em seus objetivos torna mais fácil o controle financeiro.

Talvez o seu objetivo seja fazer aquela viagem dos sonhos, estudar fora do país, comprar um apartamento ou até mesmo conquistar sua aposentadoria. As metas precisam ser objetivas e fáceis de entender.

  1. Faça o seu planejamento financeiro

Um bom planejamento financeiro também é essencial para começar a investir. Lembre-se de que a quantia precisa sempre estar de acordo com o seu orçamento pessoal e com os objetivos definidos.

Defina qual valor pretende aplicar todo mês, por exemplo, R$500,00. Quando der, invista um pouco mais e, nos meses mais apertados, não hesite em reduzir um pouco, tentando sempre compensar quando puder, mas sem se pressionar a ponto de gerar stress.

  1. Livre-se das dívidas

É óbvio que se você tem muitas dívidas, então um dos primeiros passos é livrar-se delas. Procure negociá-las antes de fazer qualquer tipo de investimento, pois caso contrário, não será possível acumular um patrimônio sólido.

Mesmo se o investimento tiver uma alta taxa de rentabilidade, os juros cobrados pelos bancos são maiores e podem causar prejuízos.

  1. Descubra seu perfil de investidor

Descobrir qual o seu perfil de investidor é essencial para escolher quais são os tipos de investimento que estejam mais próximos de seu plano. Há, basicamente, três tipos de perfis de investidor:

  • Conservador: é aquele que não gosta de correr riscos e não tolera a possibilidade de perder o dinheiro que investiu;
  • Moderado: o meio termo que até pode se arriscar um pouco para ter uma rentabilidade melhor, mas não tanto;
  • Agressivo: não se importa de correr mais riscos com o dinheiro para ter altas rentabilidades em seus investimentos, invariavelmente correndo mais riscos sobre seu patrimônio inicial.
  1. Faça um investimento teste

De acordo com o especialista Hélio Laniado, a melhor estratégia para um investidor iniciante aprender todos os processos é fazer  um investimento teste. É como se fosse um treino, para que assim possa entender como funciona melhor e sentir-se confiante para investir mais.

Basta procurar por um tipo de investimento que você goste e investir o mínimo possível. Você pode investir R$ 50 se quiser ou até menos.

  1. Tenha paciência e disciplina

É preciso ter muita paciência e disciplina para não acabar desistindo no meio do caminho. Mesmo que o investimento seja de curto prazo, ainda assim leva tempo para alcançar o seu objetivo.

  1. Acompanhe seus investimentos

Muitas pessoas investem e esquecem de olhar como andam os seus investimentos. Ainda mais se você pretende investir em ativos, é preciso ficar de olho se eles ainda mantêm as mesmas premissas do início, para certificar-se se ainda vale a pena manter o investimento.

  1. Faça uma reserva de emergência

É sempre bom ter uma reserva de emergência, pois pode ser que em algum momento você precise dela. Afinal, imprevistos podem acontecer e, com isso, podem comprometer os seus investimentos e finanças.

Com uma reserva de energia, você não precisará comprometer suas finanças e, tampouco, o investimento.

  1. Diversifique os investimentos

Um dos maiores segredos desse setor é diversificar os investimentos. Sendo assim, você pode aplicar quantias de dinheiro em diversos ativos diferentes, para assim obter rendimentos constantes, não importa quais sejam as condições do mercado.

Essa dica também garante um maior fluxo de caixa em sua carteira e o dinheiro ainda pode ser usado para reinvestir em outros ativos ou pagar suas contas.

  1. Não esqueça de curtir a vida

É claro que investir é crucial, mas isso não quer dizer que você irá se privar de aproveitar a sua vida. Então, não esqueça de dedicar momentos para se divertir e curtir a vida, assim você não se sentirá tão estressado e pressionado a investir.

Conclusão

Essas foram algumas importantes dicas para começar a investir em 2022, são dicas bem simples mas muito úteis. Se você tem vontade de investir mas tem receio, saiba que não tem com o que se preocupar, basta seguir essas dicas.

E caso tenha gostado desse conteúdo, não esqueça de compartilhar com os seus amigos.

Sobre o autor

Desenvolvi a identidade visual do Sobreviva em São Paulo e criei o blog quando a página no Facebook tinha mais ou menos um ano. Atualmente, além de produzir contéudo para o blog e cuidar do back-end, tenho foco no gerenciamento dos perfis do Instagram e Pinterest. Sou graduado em publicidade e propaganda, pós graduado em gestão empresarial e marketing pela ESPM e trabalho em uma agência de publicidade.

Comentários