Crônicas

A cidade que cansa os puro sangue

As portas do metrô abrem e aquele mar de pessoas entra. Você já passou da fase

Carta n°1: Aos Olhos Sorridentes de São Paulo

Aos Olhos Sorridentes de São Paulo: Olá, estava com saudade de escrever cartas, pensei em você

Os quatro elementos da natureza urbana

A realidade é que nesses últimos meses minha vida foi um puro descontrole. Decidi então: vou

Passado no presente

Mais uma segunda-feira movimentada em que aos poucos as pessoas começavam a funcionar. Era dezembro e

Expectativa: O Dia em que o Zeppelin contornou o Edifício Martinelli

Pisoteei o confete e bebi o champagne até a exaustão e depois da quinta taça, todas

Os meninos de prata e a desvantagem de ser invisível

Os incríveis meninos de lata viajam nos metrôs em busca de prata. Em busca de serem

O ZOOLÓGICO DOS OUTROS

Sempre que estou em trânsito, e ultimamente isto tem acontecido com muita frequência, me pego observando

Sobreviventes na grande capital e suas histórias

Quantas pessoas chegam a São Paulo com esperança de encontrar um lar e aqui depositam a

O SORRISO DOS INVISÍVEIS

Sempre que saio de casa, logo que passo o portão, encontro um grande número de pessoas

Todo ano é um pouco 2016

Mais um ano se passou… Quase… Nessa altura do campeonato é melhor relaxar, fazer só o

F(o)(a)tos revelados

Vasculhando os arquivos do celular, achei uma foto diferente, um arquivo digital como todos os outros,

Como foi que perdi aquela amizade mesmo…

Uma cidade como São Paulo é capaz de revelar grandes surpresas a cada esquina e reencontros