Star Wars in Concert “Uma Nova Esperança” – concerto sinfônico AO VIVO

Star Wars in Concert “Uma Nova Esperança” – concerto sinfônico AO VIVO

Um dos mais emblemáticos filmes da história do cinema, com uma bilheteria estimada em $770 milhões,Star Wars: Uma Nova Esperança atrai fãs do mundo inteiro, desde sua estreia no fim dos anos 70. Quarto livro da saga, ele foi o primeiro título a chegar aos cinemas, em 1977. Agora, no Brasil, o longa de George Lucas será transmitido com o som ao vivo de uma orquestra sinfônica.

Este é o Star Wars in Concert “Uma Nova Esperança”, que será realizado pela primeira vez no país em abril. A iniciativa é da Conexão Cultural, empresa do produtor cultural Sergio Murilo, que há mais de 25 anos atua na área do show business. A apresentação sinfônica conta com as partituras originais do compositor vencedor do Oscar®, John Williams, e com a exibição em uma tela de 20×11 metros do Uma Nova Esperança.

Acontecerão duas apresentações únicas, com condução do Maestro Thiago Tibério, em São Paulo, no Allianz Parque, no dia 20 de abril e no Rio, na Jeunesse Arena, no dia 27 do mesmo mês. Thiago vive há muitos anos em Nova Iorque e, com indicação da Disney, rege os filmes da companhia em todo o mundo.

Em São Paulo, o projeto contará com a Orquestra Sinfônica Villa Lobos, especialmente formada por músicos da OSESP (Orquestra Sinfônica de São Paulo) e OSMSP (Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo). Já no Rio, o concerto será com a presença da OSB (Orquestra Sinfônica Brasileira). Os ingressos já estão à venda pelo site:  www.guicheweb.com.br/pesquisa/starwars.

Desde o lançamento do primeiro “Star Wars”, que comemora 40 anos em maio de 2019, a saga teve um importante impacto no cinema e na cultura, inspirando audiências ao redor do mundo com sua mítica narrativa, personagens cativantes, efeitos especiais inovadores e músicas icônicas, compostas por Williams.

Agora, os fãs poderão sentir a grandeza deste amado filme em uma experiência de concertos sinfônicos ao vivo, quando “Star Wars: A New Hope em Concerto” estrear no Brasil.

Com uma lista grande de prêmios, o lendário compositor John Williams é conhecido por elaborar a trilha de todos os oitos filmes da saga, começando com o clássico “Uma Nova Esperança”, de 1977, no qual ele ganhou o Oscar de Melhor Trilha Sonora Original. Suas composições para o “O Império Contra-Ataca”, “O Retorno dos Jedi”, “Star Wars: O Despertar da Força” e “Star Wars: O Último Jedi” foram indicadas para o Oscar de Melhor Trilha Sonora Original.

 Williams faturou cinco prêmios da Academia, quatro prêmios Globo de Ouro, sete prêmios British Academy Film, cinco Emmy Awards e 23 prêmios Grammy. Com 51 indicações ao Oscar, ele é o profissional mais indicado pela Academia e a segunda pessoa mais indicada da história, atrás apenas de Walt Disney.   Em 2005, o American Film Institute selecionou a trilha sonora para Star Wars: A New Hope, de 1977, como a maior trilha sonora americana de todos os tempos.

A trilha sonora do filme também foi preservada pela Biblioteca do Congresso no Registro Nacional de Gravações dos Estados Unidos, por ser “cultural, histórica ou esteticamente significativa”.  O músico foi introduzido no Hall da Fama do Hollywood Bowl, em 2000, recebeu o Kennedy Center Honors, em 2004, a National Medal of Arts, em 2009 e o AFI Life Achievement Award, em 2016. Williams compôs a trilha para oito dos 20 filmes de maior bilheteria nos cinemas dos EUA (ajustados pela inflação).

Star Wars: Film Concert Series é produzido, sob licença, pela “Disney Concerts” em associação com a “20th Century Fox” e a “Warner/Chappell Music”, importado para o Brasil pela Conexão Cultural. Star Wars e propriedades relacionadas são marcas comerciais e/ou copyrights, nos Estados Unidos e em outros países, da Lucasfilm Ltd. e/ou de suas afiliadas © & TM

 

Serviço

Quando?

20/04/2019

Onde?

Allianz Parque - Av. Francisco Matarazzo, 1705

Quanto Custa?

A partir de R$ 125,00

Classificação:

12 anos

Mais Informações:

(11) 4800-6680

Sobre o autor

Teve a ideia de criar o Sobreviva em São Paulo, foi lá e fez. Jornalista, trabalha com social media e gosta de uns rolês roots. Acampa no mato, sobe montanha e vive na selva de pedra. Já quis ser detetive, salvar o mundo e fugir com os ciganos. Tem uma relação de amor e ódio com São Paulo, fica para ouvir músicos de rua e corre para nunca chegar atrasada.

Comentários