6 bares paulistanos que oferecem samba ao vivo

6 bares paulistanos que oferecem samba ao vivo

Cerveja e samba são duas das principais paixões de muitos paulistanos. Quando essas duas paixões se encontram, ninguém precisa ter motivos pra reunir os amigos e cair na dança ao som de batuque e do cavaquinho e regada a muita cerveja gelada e boas conversas!

Na cidade de São Paulo, que oferece ao público inúmeras opções de entretenimento e lazer, muitos bares são conhecidos por reunir cerveja e samba ao vivo com muita qualidade e ainda aliam a essa combinação comidas de boteco e outros drinks para quem gosta de diversificar a bebida. Vamos conhecer um pouco sobre alguns desses bares?

O Sobreviva em São Paulo lista pra você 6 bares paulistanos que tocam samba ao vivo em um ou mais dias da semana. Já falamos de alguns deles por aqui, mas sempre vale a pena relembrar o que é bom, não é verdade? Vamos começar:

Templo Bar de Fé

São Jorge é um dos santos homenageados no Bar Templo (foto: Piero Paglarin)

Com raízes afro-brasileiras, o Templo Bar de Fé (foto acima) – ou “Bar Templo”, como é conhecido por seu público – funciona há mais de 8 anos e em seu salão já se apresentaram renomados sambistas, como Almir Guineto, Leci Brandão, Arlindo Cruz, Nelson Rufino, Sombrinha, entre outros. O bar é temático e conta com uma decoração mística por todo o seu interior. Os santos esculpidos de barro, as orações espalhadas pela casa e as mensagens sobre orixás se misturam a muitas cores e energia positiva.

Atualmente, a casa conta com uma programação musical na qual se revezam grandes nomes do samba atual, como Art Popular, Belo, Marquinhos Sensação, Reinaldo, Jorge Aragão, Péricles, Turma do Pagode e Vou Pro Sereno. Aos sábados, é realizada uma tradicional roda de samba ao sabor de uma deliciosa feijoada. Essa combinação é comandada pelos grupos Templários, os Guardiões do Templo ou os Oguns e às vezes conta com outros músicos convidados.

Endereço: Rua Guaimbé, 322 – Mooca
Horários: segundas, das 21h às 2h; terças, das 18h à 0h (com double drink de long neck até as 21h); quintas e sextas, das 21h às 3h; sábados, das 14h às 20h e das 22h às 3h; e domingos, das 18h a 0h
Site oficial: www.bartemplo.com.br

Bar Brahma Centro

Localizado no coração da cidade (Av. Ipiranga x Av. São João), o Bar Brahma Centro (chamado assim porque existe também uma unidade no Aeroporto) é o lugar ideal pra se passar uma tarde com os amigos, sem ter hora pra ir embora. Os vários ambientes da casa revezam bandas e músicos que levam ao público o melhor do samba, MPB ou pagode, tudo regado a muito chopp Brahma, é claro. E as comidas então? Desde porções típicas de boteco até a famosa feijoada do lugar, fazem a cabeça (e o estômago, rá!) dos frequentadores.

Grupos de samba tradicionais, como os Demônios da Garoa, costumam se apresentar por lá de vez em quando. Mas outros grandes nomes, como Sandra de Sá, também já marcaram presença no local. Aos sábados, um dos destaques musicais recorrentes é Carolina Soares – conhecida como “a Sereia do Samba” – que canta tanto sambas mais antigos quanto os mais atuais com maestria.

Endereço: Av. São João, 677 – Centro
Horários: segunda a quinta, das 11h30 à 1h; sextas e sábados, das 11h30 às 2h; domingos, das 11h30 à 0h
Site oficial: www.barbrahmacentro.com

Bar Mangueira

Fundado em 2004, o Bar Mangueira nasceu da paixão de dois amigos pela escola de samba carioca Estação Primeira de Mangueira e fica próximo ao metrô Faria Lima (Linha Amarela). Na lista dos artistas consagrados que já passaram pela casa estão Beth Carvalho, Leci Brandão, Arlindo Cruz, Xande de Pilares, Marcelo D2, Seu Jorge, Nelson Sargento, entre outros.Hoje, o grupo Tchê Samba é um dos que bate cartão no local.

O salão de danças é amplo, arejado e o espaço conta com mesas bem posicionadas para acomodar o público. As cores verde e rosa, presentes em cada cantinho da casa, é uma homenagem à escola de samba que é tema do local. Além disso, em todo o espaço, que passou por uma reformulação em 2015, é possível encontrar quadros que narram a história de grandes ícones da música brasileira.

Endereço: Rua Cláudio Soares, 124 – Pinheiros
Horários: consultar
Site oficial: www.barmangueira.com.br

Traço de União

O bar Traço de União completa 16 anos em 2019 e fica na mesma rua que o Bar Mangueira, em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo. O local conta como padrinhos ninguém menos que os saudosos Beth Carvalho (1946-2019) e Luiz Carlos da Vila (1949-2008). Pelo seu palco, já passaram também Almir Guineto, Dona Ivone Lara, Moacyr Luz, Jorge Aragão, Fundo de Quintal, entre tantos outros gigantes do samba.

O galpão, amplo e arejado, é decorado com pavilhões das escolas de samba, quadros e santos, conferindo um ambiente temático e aconchegante. A casa abriga até 500 pessoas.

Endereço: Rua Claudio Soares, 73 – Pinheiros
Horários: consultar
Fanpage oficial (Facebook): www.facebook.com/tracodeuniao

Boteco São Paulo

Foto: Boteco São Paulo

O Boteco São Paulo fica no bairro da Pompeia, perto do Metrô Vila Madalena e nas redondezas do Sesc Pompeia. Passam pelo palco do bar músicos talentosos e com repertório de qualidade, com destaque para o samba de raiz (nas noites de sexta-feira e na feijoada das tardes de sábado); e para a MPB e o pop rock (nas noites de sábado). No cardápio, as comidinhas de boteco são bastante populares.

Os destaques musicais no quesito samba são Felipe Doro e o Trio Batata, que se apresentam por lá com frequência. Em sua fanpage oficial no Facebook, o Boteco São Paulo – que foi fundado em 2008 – se define como “um bar para celebrar a amizade”.

Endereço: Av. Pompeia, 2089 – Pompeia
Horários: consultar
Site oficial: www.botecosaopaulo.com.br

Boteco de Todos os Santos

O samba come solto no Boteco de Todos os Santos

O Boteco de Todos os Santos é dividido numa área interna com salão grande e confortável, oito televisores e um telão estrategicamente localizados; tem o espaço Jardim, onde o público fica próximo aos grupos aproveitando a música; e o Piso Superior, bem espaçoso e com visão privilegiada do palco. O samba de raiz tem destaque aos sábados, com a sambista Janaina Theodoro e o grupo Samba Alado. O pagode também é atração da casa em alguns dias da semana.

“Além do melhor atendimento, cardápio com diversas opções de bebidas e petiscos e clima de paquera, o bar conta ainda com todos os ambientes devidamente climatizados, a fim de proporcionar aos seus clientes a melhor experiência da região da Vila Madalena”, conta Lauro Maciel, sócio-fundador do bar.

Endereço: Rua Aspicuelta, 585 – Vila Madalena
Horários: quartas e quintas, a partir das 18h; sextas, a partir das 17h; sábados e domingos, a partir das 12h
Site oficial: www.botecotodosossantos.com.br

E aí, você já conhece algum deles? Qual você recomenda pra quem tá afim de curtir a deliciosa mistura de cerveja com samba ao vivo?

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até esta data.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. Vive uma relação de amor e ódio com São Paulo. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários