Casa da Mulher Brasileira é inaugurada na capital paulista

Casa da Mulher Brasileira é inaugurada na capital paulista

A cidade de São Paulo recebeu na última segunda-feira (11) as instalações da Casa da Mulher Brasileira. O espaço de 3.659 m2 funcionará 24 horas por dia, prestará serviços integrais e humanizados para mulheres em situação de violência.

“É um espaço que terá uma visão global e integrada para a mulher em situação de violência, muito importante para a maior e mais rica cidade do país, mas que ainda convive com índices inaceitáveis de tratamento às nossas mulheres”, disse o prefeito Bruno Covas em um vídeo que foi exibido durante a inauguração.

A Casa da Mulher Brasileira oferece, segundo o site oficial da Prefeitura, um ambiente confortável, acolhedor e seguro para as mulheres. No local, a mulher em situação de violência encontra apoio psicológico e assistencial, com o amparo necessário para a sua segurança e bem-estar.

“É uma casa que terá suas portas abertas para dar todo o apoio necessário, com uma equipe de policiais, assistentes sociais, psicólogos, além da parte de trabalho que desenvolveremos com o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho”, disse a secretária de Direitos Humanos e Assistência Social, Berenice Giannella. A unidade é a primeira desse modelo no Estado de São Paulo e a sétima no Brasil.

A Casa serve como porta de entrada para os serviços especializados que visam garantir condições de enfrentamento da violência, o fortalecimento da mulher e sua autonomia. As mulheres em situação de violência que procurarem o local encontrarão serviços de acolhimento e escuta qualificada por meio de uma equipe multidisciplinar, formada por profissionais especialistas.

A unidade conta ainda com um alojamento de acolhimento provisório para os casos de iminência de morte. Também foi instalado na Casa um ponto de atendimento da Central de Intermediação em Libras, para atender mulheres com deficiência auditiva.

O endereço da Casa da Mulher Brasileira é Rua Vieira Ravasco, 26 – Cambuci, na região central de São Paulo.

Para saber mais sobre a Casa da Mulher Brasileira, acesse este link.

Fonte: Prefeitura de São Paulo

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. Vive uma relação de amor e ódio com São Paulo. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários