Hopi Hari reabre as portas para receber o público

Hopi Hari reabre as portas para receber o público

Com a atualização da classificação do Plano SP de combate à pandemia, realizada pelo Governo do Estado de São Paulo, o parque temático Hopi Hari reabriu ontem (24) para receber o público. Conforme o decreto do Governo, o Parque está operando com 25% de sua capacidade, com horário de funcionamento das 11h às 19h, sendo que as atrações começam a ser finalizadas a partir das 18h.

Além disso, em respeito às novas medidas, bem como aos visitantes, apenas ingressos com agendamento em dia podem ser utilizados. “Ao atingirmos o limite de público, vamos imediatamente interromper a entrada”, destaca Alexandre Rodrigues, presidente de Hopi Hari.

Para não perder a viagem, a orientação do parque é que o visitante que já havia adquirido seu Passaporti solicite uma data para a visita – para isso, basta enviar o número do pedido por e-mail no [email protected] e aguardar a confirmação do agendamento. O mesmo sistema vale para quem já havia agendado seu passeio entre os dias 2 e 23 de abril: é só solicitar o reagendamento. Já para quem fez o agendamento com data a partir do dia 24 de abril, não é preciso refazer a solicitação.

Mesmo operando com capacidade de público reduzida a 25%, o Hopi Hari ressalta a importância de seguir os protocolos de segurança anticovid-19, que podem ser acessados aqui, e relembra que o uso de máscara de proteção é obrigatório durante toda a visita, assim como o cumprimento das normas de segurança já mencionadas.

Vale lembrar que o endereço do Hopi Hari é Rod. dos Bandeirantes, km 72 – Moinho – Vinhedo-SP. O site para a compra de ingressos (mediante agendamento) é www.hopihari.com.br.

Foto de topo: Anderson Torres

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

 

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários