Museu do Ipiranga inaugura mirante para público acompanhar obras

Museu do Ipiranga inaugura mirante para público acompanhar obras

Enquanto a inauguração do Novo Museu do Ipiranga – marcada para setembro de 2022 – não acontece, a partir de amanhã (26) o público que desejar acompanhar mais de perto o progresso das obras e todo o processo de restauração e ampliação do edifício-monumento terá acesso gratuito ao Observatório da Obra.

O espaço, que ocupa o mezanino do Parque da Independência, terá área externa dedicada a painéis com marcos da reforma e mirante para o canteiro de obras, e estará aberto ao público com horário de funcionamento das 9h às 18h, de segunda a sexta-feira, sob agendamento prévio no site da Sympla. A entrada para o mirante deve ser feita exclusivamente pelo portão da Rua Xavier de Almeida.

O Observatório da Obra é um pavilhão de dois andares e 60m², e está instalado no local que oferece a melhor vista para o edifício do museu. No primeiro andar, coberto, TVs exibem os vídeos da série Diário da Obra, mostrando aos visitantes todos os avanços do projeto de recuperação do museu, desde o início até o estágio atual.

Do mirante, os visitantes têm uma visão privilegiada de toda a frente do canteiro de obras, conseguindo ver as ações de ampliação e construção da nova entrada do Museu do Ipiranga. A ação tem como objetivo manter a sociedade informada sobre o andamento do projeto e cultivar o relacionamento com o público, oferecendo uma nova maneira de os visitantes acompanharem o dia a dia dos trabalhos com segurança.

Todo o espaço do pavilhão, assim como o conteúdo exposto, será completamente acessível. As ações de acessibilidade incluem o uso de Libras e dispositivos de audiodescrição. A proposta reflete a política do Novo Museu do Ipiranga, que pretende ter mecanismos de acessibilidade para as diferentes necessidades especiais dos visitantes.

A abertura do Observatório da Obra segue as mesmas recomendações de segurança, em relação ao controle da disseminação da covid-19, que são adotadas pela Universidade de São Paulo (USP), instituição à qual o museu pertence.

Fontes: Assessoria de Imprensa do Museu do Ipiranga e Jornal da USP

Foto de topo: Helio Nobre/MP

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários