SP ganha primeira casa dedicada ao avocado

SP ganha primeira casa dedicada ao avocado

Alimento rico em antioxidantes e gorduras saudáveis, o avocado é a estrela no Avoca Toast, primeira cada de São Paulo especializada na iguaria. Recém-inaugurado, o Avoca está localizado no Beco do Batman – um dos cartões-postais da capital paulista. A casa oferece generosos toasts num cardápio enxuto, em combinações de dar água na boca.

No Avoca Toast é utilizado o avocado Hass. De textura amanteigada e interior verde claro, a variedade tem mais gordura e menos água, qualidade que o torna mais cremoso e rico em sabor. O ingrediente é a base para as sete opções de toasts, preparadas artesanalmente. Ótima pedida para uma refeição deliciosa e nutritiva.

Entre as sugestões, destaque para o Gravlax (R$ 26,50), à base pasta de avocado feita na casa, picles de rabanete, finas fatias de salmão curado da casa, sour cream salpicado com dill e cebola roxa picada, no pão de fermentação natural tostado. Já o Shroomelo (R$ 25) leva pasta de avocado, cogumelos salteados com cebolinha e queijo de cabra Boursin, servido no pão de fermentação natural tostado.

Para os adeptos de uma deita sem carne, pedidas como o Beet Hummus (R$ 25), preparado com avocado fatiado, homus de beterraba, salpicado com grão de bico crocante, salsinha picada e páprica, servido no pão de fermentação natural tostado. Para beber, cervejas, sucos naturais, refrigerantes, café expresso e água.

O Avoca Toast está operando de terça a domingo, das 9h às 15h no salão e até às 22h no delivery, através dos aplicativos iFood e Rappi. O local segue todas as medidas e higiene e distanciamento recomendas, com uma agradável área externa.

Avoca Toast
Rua Medeiros de Albuquerque, 141 – Beco do Batman – São Paulo/SP
De terça a domingo, das 11h30 às 18h30 (salão)
Delivery e retirada – De terça a domingo, das 9h às 22h
(11) 3443-0446 – Delivery pelos apps Ifood, Uber Eats e Rappi

Sobre o autor

Teve a ideia de criar o Sobreviva em São Paulo, foi lá e fez. Jornalista, trabalha com social media e gosta de uns rolês roots. Acampa no mato, sobe montanha e vive na selva de pedra. Já quis ser detetive, salvar o mundo e fugir com os ciganos. Tem uma relação de amor e ódio com São Paulo, fica para ouvir músicos de rua e corre para nunca chegar atrasada.

Comentários