Evento online propõe conversas sobre memória e futuro indígenas

Evento online propõe conversas sobre memória e futuro indígenas

De 28 a 30 de julho, o Itaú Cultural (IC) exibe a programação do Mekukradjá – Círculo de Saberes, evento que, desde 2016, reúne debates – e, em alguns anos, exibições audiovisuais – para discutir a resistência dos indígenas no Brasil contemporâneo.

Com curadoria de Daniel Munduruku e da socióloga Junia Torres, e neste ano tendo como tema O futuro está na memória!, seis mesas e uma apresentação musical abordam assuntos relacionados à tradição, renovação e cultura dos povos originários. Tudo acontecendo virtualmente, para que o público possa acompanhar de casa.

No dia 28 (quarta-feira), a mesa “O que se pode aprender com o passado?” aborda os caminhos que foram trilhados pelos primeiros líderes indígenas, que traziam consigo a marca da ancestralidade. Já a mesa “O futuro que se chama hoje” discute as redes sociais como militância política e futurismo indígena. Encerrando o dia, acontece uma apresentação musical de BRO MC’s.

No dia 29 (quinta-feira), a mesa “A memória como instrumento de luta” traz a memória de conquistas indígenas e debate o resultado das lutas indígenas no presente momento. Já a roda de conversa “Somos aqueles por quem esperamos” discute formas de criar um novo comportamento ambiental para garantir o futuro da mãe terra.

No encerramento do evento, no dia 30 (sexta-feira), a mesa “Histórias que mudam a história” discute como a literatura está se tornando um vetor de transformação na sociedade brasileira. A segunda mesa do dia – e última do evento – “A arte para além dos tempos”, mostra como a ocupação de artistas indígenas em importantes espaços ajuda a modificar os olhares da sociedade nacional sobre os povos indígenas.

Com convidados especiais e de grande destaque, o evento discute a resistência dos indígenas no Brasil contemporâneo.

Para conferir a programação do Mekukradjá 2021, clique aqui. O evento pode ser assistido gratuitamente pelo site do Itaú Cultural (www.itaucultural.org.br) e pelo canal da instituição no Youtube (www.youtube.com/user/itaucultural).

Fonte: Itaú Cultural

Imagem de topo: Divulgação/Itaú Cultural

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

 

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários