USP, Unicamp e Unifesp são melhores universidades brasileiras em ranking latino-americano

USP, Unicamp e Unifesp são melhores universidades brasileiras em ranking latino-americano

Com a 2ª colocação geral, a Universidade de São Paulo (USP) é a universidade brasileira mais bem colocada no THE Latin America University Ranking, divulgado na última quinta-feira (14), pela consultoria britânica Times Higher Education (THE). A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), ambas também paulistas, ficaram coma 3ª e 4ª colocações, respectivamente. A 1ª posição ficou com a Pontifícia Universidade Católica do Chile.

No top 10 do ranking, as outras instituições brasileiras que conquistaram posições foram a Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (6ª), a Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS (8ª), a Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG (9ª) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-RJ (10ª).

De acordo com a THE, as universidades brasileiras são as instituições com melhor desempenho na América Latina, principalmente no que se refere ao ensino e à pesquisa, com sete universidades entre as dez melhores da região e 28 entre as 50 melhores. O Brasil tem a pontuação média geral mais alta de todos os países, de 51,3 em 100, acima dos 48,9 do ano passado.

Os países com as instituições mais bem classificadas são o Brasil, com 72 universidades, seguido pelo Chile (30), Colômbia (29), México (26), Equador (13) e Peru (10).

O THE Latin America University Ranking

O THE Latin America University Ranking lista as principais instituições da região da América Latina e Caribe. A classificação tem como base os mesmos 13 indicadores de desempenho do THE World University Ranking, mas os pesos foram recalibrados para refletir as características das instituições da América Latina. As universidades são avaliadas em todas as suas missões principais: ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectivas internacionais.

O ranking de 2022 inclui 197 instituições em 13 países, contra 177 instituições no ano passado. A íntegra do ranking pode ser conferida neste link.

Fonte: Adriana Cruz/Jornal da USP

Foto de topo: Divulgação/USP

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários