Tradicional festival de cinema fantástico será online neste ano

Tradicional festival de cinema fantástico será online neste ano

Em decorrência do isolamento social contra a disseminação do Coronavírus, o Fantaspoa – Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre, tradicional festival anual de cinema fantástico (que mistura terror e ficção), anunciou que sua décima sexta edição será realizada de forma totalmente online e gratuita, em parceria inédita com a Darkflix (app.darkflix.com.br), serviço brasileiro de streaming de vídeos voltado a produções do gênero fantástico.

Originalmente programada para acontecer em maio, a edição 16 do festival havia sido postergada para o segundo trimestre do ano. Com o agravamento dos casos de contaminação e óbitos no Brasil, a organização do evento optou por migrar sua realização para o ambiente virtual.

Agendada para o período de 24/07 a 02/08 de 2020, o 16° Fantaspoa transformará a plataforma Darkflix no palco de diversas premières latino-americanas, já que a programação contará com mais de 110 filmes (entre curtas e longas-metragens) de mais de 35 países – cada título disponível para até 5.000 visualizações. Também, serão promovidas lives de conversas com cineastas, palestras e masterclasses. Trata-se da maior iniciativa online de um evento de cinema na América Latina até então, apontando possíveis futuros caminhos para o circuito de festivais.

As obras que serão exibidas no 16° Fantaspoa já estão sendo anunciadas. Para saber os dezesseis títulos já divulgados e conferir suas sinopses, clique aqui.

Homenageados da vez
Os grandes homenageados desta primeira edição virtual do Fantaspoa serão o cineasta ugandense Isaac Godfrey Geoffrey Nabwana, conhecido como IGG Nabwana, e seu estúdio, Wakaliwood. Apaixonado por cinema, IGG aprendeu a filmar assistindo a tutoriais na internet e, nos últimos 15 anos, assinou a direção de aproximadamente 50 longas-metragens de ação. Todas as suas produções são realizadas de forma artesanal na favela onde vive, na Uganda, com orçamentos mínimos, equipes reduzidas e muita criatividade.

Além de possuir uma inconfundível assinatura autoral, Nabwana se notabilizou por ter conseguido viabilizar seu próprio estúdio de cinema – gerando empregos e formando plateias – num local com nenhuma tradição audiovisual. No Fantaspoa, o público terá a oportunidade de assistir a “Crazy World” (2019), dirigido por Nabwana e ovacionado no Festival de Cinema de Toronto do ano passado.

Fonte: Darkflix – O Portal do Terror

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis alterações nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Foto de topo: filme “Tóxico” (2020, Argentina)

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários