Prefeitura inicia obras de implantação de ciclofaixa na Avenida Rebouças

Prefeitura inicia obras de implantação de ciclofaixa na Avenida Rebouças

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, deu início hoje (4) às obras de implantação da ciclofaixa da Avenida Rebouças, que liga a Marginal Pinheiros com a região da Avenida Paulista e da Rua da Consolação. Segundo o site da Prefeitura da capital paulista, a nova estrutura cicloviária terá ao todo 3,4 km e fará conexão com a ciclovia da Avenida Paulista, Avenida Henrique Schaumann/Avenida Brasil, Avenida Faria Lima e da Rua da Consolação, formando uma grande rede integrada com estações de metrô, terminais de ônibus (Pinheiros), parques e unidades de saúde.

A nova ciclofaixa será implantada à direita da Avenida Rebouças, dos dois lados da pista, junto à calçada. A obra tem início com a reforma de guias e sarjetas no sentido centro-bairro. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) fará o monitoramento do trânsito, garantido segurança de pedestres, motociclistas e motoristas. Durante os trabalhos, os trechos serão sinalizados. Haverá faixas comunicando as obras na via. A previsão é que a obra para implantação nos dois sentidos dure 60 dias.

A implantação da ciclovia na Avenida Rebouças faz parte do Plano Cicloviário da Prefeitura, que tem foco na ampliação da malha cicloviária e sua integração a outros modais de transporte coletivo, como ônibus, trem e metrô, além da melhoria de grande parte da estrutura da rede já existente. Ainda segundo a Prefeitura da cidade, até o fim deste ano São Paulo terá a maior malha dedicada às bicicletas dentre todas as capitais brasileiras, com 676 km.

Fonte: Prefeitura de São Paulo

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis alterações nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários