São Paulo Oktoberfest é adiada para 2021 e já tem novas datas

São Paulo Oktoberfest é adiada para 2021 e já tem novas datas

Na última quarta-feira (2), os organizadores da São Paulo Oktoberfest – a versão paulista da famosa festa da cerveja celebrada na Alemanha – divulgaram nas redes sociais do evento que o festival não vai acontecer em novembro deste ano, como era previsto, e foi adiado para o segundo semestre de 2021, mais precisamente para o período de 16 de setembro a 3 de outubro do próximo ano, de quinta a domingo.

O adiamento, que já era esperado, se dá pela atual restrição no país de eventos que gerem aglomerações de pessoas e não é o primeiro pelo qual o festival passa em 2020, pois inicialmente ele seria realizado entre setembro e outubro deste ano, antes de ser adiado para novembro e, agora, reagendado novamente para 2021.

Os ingressos comprados para as datas deste ano do evento continuam válidos para o próximo ano e, mais do que isso, a organização ainda anunciou que cada pessoa (identificada por CPF) que já comprou ingresso ganhará 1 ingresso de cortesia para poder levar um acompanhante.

Quem não adquiriu e tem interesse em adquirir ingressos para as novas datas do festival pode acessar o site da Ingresse (neste link) para consultar os valores, escolher a data de preferência e efetuar a compra.

A São Paulo Oktoberfest será realizada na Vila Alemã (Av. Chucri Zaidan, 155 – Brooklin), localizada na Zona Sul da capital paulista. No evento, a gastronomia e a cultura alemã dão o tom da festa temática e reúnem pessoas vindas de várias cidades do estado de São Paulo e de outros estados brasileiros. Mas informações sobre o festival podem ser conferidas no site da venda de ingressos (Ingresse).

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis alterações nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários