Tour do KISS no Brasil é remarcada para 2021

Tour do KISS no Brasil é remarcada para 2021

A Mercury Concerts, produtora responsável pela passagem da “End Of The Road World Tour” – a última turnê mundial da banda norte-americana KISS – pelo Brasil, juntamente com a banda e seus representantes, anunciaram oficialmente hoje que não será possível realizar a turnê em novembro deste ano, tal como divulgado anteriormente, visto que a pandemia do novo coronavírus persiste e as autoridades públicas, acertadamente, mantêm restrições a aglomerações em vários estados e municípios neste momento.

Assim, se fez necessário um novo adiamento dos shows, que antes de serem anunciados para novembro, aconteceriam em maio. Desta vez, a passagem derradeira do KISS pelo Brasil ficou reagendada para outubro de 2021.

Quanto às datas e locais dos shows remarcados, confira as informações já confirmadas:

– em São Paulo/SP, dia 16/10/2021 (sábado), no Allianz Parque;
– em Ribeirão Preto/SP, dia 17/10/2021, na Arena Eurobike;
– em Curitiba/PR, dia 19/10/2021, na Pedreira Paulo Leminski; e
– em Porto Alegre/RS, dia 21/10/2021, Arena do Grêmio

Os shows que aconteceriam em Brasília e Uberlândia não serão reagendados.

A Mercury Concerts destaca ainda que todos os ingressos adquiridos serão válidos para as respectivas novas datas, não havendo necessidade de nenhuma troca ou substituição. Vale lembrar que, para o show em São Paulo, todos os ingressos já haviam sido vendidos com antecedência. Porém, o show em Ribeirão Preto-SP, outra opção para os paulistas e moradores dos arredores curtirem ao vivo pela última vez uma das maiores bandas de rock do mundo, deve reabrir em breve a venda dos ingressos restantes. Mais informações podem ser consultadas em www.ingressorapido.com.br.

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis alterações nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários