Vila 567 se adapta às restrições da pandemia para funcionar com segurança

Vila 567 se adapta às restrições da pandemia para funcionar com segurança

Preocupado com a segurança e bem-estar dos clientes e funcionários, o estabelecimento se adaptou aos tempos de pandemia
 
 
O dia a dia da população passou a ser diferente após a pandemia. O que era costume anteriormente precisou passar por reformulações e adaptações para voltar ao funcionamento. O Vila 567 (Rua Aspicuelta, 567 – Vila Madalena), bar localizado na Vila Madalena que era muito conhecido por funcionar como uma verdadeira balada, hoje trabalha com mesas, dispondo de um rooftop com vista privilegiada do bairro, música ao vivo e novidades no cardápio.

A feijoada, um dos pratos mais tradicionais do Brasil, disponível aos sábados e domingos, foi quem ganhou destaque nessa nova fase da casa. “Queremos que o nosso público tenha sempre uma boa experiência. Por conta disso, temos nos preocupado com a segurança de cada um, oferecendo um novo formato, para que todos possam curtir os finais de semana com segurança e, ao mesmo tempo, música ao vivo, diversão, excelentes pratos e drinks”, comenta Bruno Morais, sócio-fundador do Vila 567.

O prato vem acompanhado de arroz, couve e torresmo, e está dividido em dois tamanhos, o individual e o duplo, com valores de R﹩45,90 e R﹩80,90, respectivamente. Além disso, a casa tem se destacado por receber, de sexta-feira a domingo, uma programação recheada de canções sertanejas, contando com um rooftop com uma vista única e um painel de led de última geração ao ar livre.

No espaço, o atendimento acontece por meio de reservas, com disponibilização de um cardápio virtual acessado a partir de QR Code em todas as mesas, junto com álcool em gel e todas as regras de distanciamento. Também não é permitido ficar de pé e todos os garçons estão protegidos com máscara e protetor facial para a segurança deles e dos clientes.
 
Para conhecer mais sobre o Vila 567, acesse vila567.com.br ou acompanhe o bar no Instagram: @vila567bar.
 
 
 
Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis alterações nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.
 

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários