Estado de São Paulo é líder no ranking nacional de cervejarias

Estado de São Paulo é líder no ranking nacional de cervejarias

Com mais de 200 fabricantes, cidades do interior se destacam na produção artesanal

Com a chegada do Verão, as seis rotas cervejeiras do estado de São Paulo entram no cardápio dos viajantes que buscam os sabores e a tranquilidade do interior paulista. Destaque para as regiões de Piracicaba, Serra da Mantiqueira, Campinas, Sorocaba, Ribeirão Preto e capital – sendo que as duas últimas apresentaram aumento de 55% e 40%, respectivamente, no número de cervejarias em 2020.

Segundo o Anuário da Cerveja, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, o estado de São Paulo teve um crescimento de 550% no número de fábricas entre 2017 e 2020. Com 285 estabelecimentos, é o líder nacional no ranking.

O mapeamento foi feito pela Secretaria de Turismo e Viagens do Estado. São diversas opções entre cervejarias artesanais com produtos e sabores locais, tours guiados, degustação e até oficinas sobre a fabricação da bebida.

É possível visitar e conhecer também o processo das grandes fabricantes, como Ambev, com visitação em Campinas, Agudos, Jaguariúna e Ribeirão Preto. A Heineken abriu as portas da fábrica de Jacareí – primeiro tour guiado da marca no Brasil.

Até 2023, mais uma cidade paulista receberá uma marca famosa: a espanhola Estrella Galícia confirmou um investimento de R$ 2 bilhões na construção em Araraquara de sua 1ª fábrica fora do país europeu.

O interior paulista reúne ingredientes favoráveis ao crescimento da produção de cervejas: famílias de imigrantes europeus (cuja tradição vem de muitos anos), disponibilidade de insumos, principalmente água, produtores preocupados com a qualidade e frescor dos produtos, aumento da demanda por opções artesanais e um calor que funciona como incentivo, principalmente no Verão.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários