Conheça o Bar Jacaré Grill na Vila Madalena

Conheça o Bar Jacaré Grill na Vila Madalena

Considerado um dos bares mais ícones da região, o Jacaré reabre para antigos e novos frequentadores após um período fechado por conta da pandemia.

Administrado pela Fábrica de Bares, o estabelecimento abre suas portas a partir do dia 7 de dezembro – de terça a quinta-feira, das 11h30 às 23h; sextas e sábados das 11h30 à 1h e domingos das 11h30 à 18h – a casa volta à cena com a mesma essência, porém, mais inclusiva e atual, atendendo os tradicionais “carnívoros”, mas também os vegetarianos e veganos, além de manter o reconhecido atendimento atencioso, receptividade e acolhimento.

Inaugurado durante a Copa do Mundo de 1990, o Jacaré foi um dos primeiros bares a apostar na dupla irresistível: grelhados e bebida gelada, colecionando nesses 32 anos mais do que clientes, admiradores e inúmeros amigos. Sem perder essa tradição que alia comidas e bebidas de qualidade, atmosfera de alto astral e grandes amizades, a casa tem o objetivo de se conectar aos novos tempos e às novas tendências mundiais da gastronomia e da arquitetura.

Totalmente repaginado, o projeto do bar de 550m² apresenta uma harmonia de tons que cria um espaço acolhedor com uso de materiais e texturas naturais e principalmente um bom uso do espaço de circulação que contará com uma novidade: um terraço para curtir a atmosfera da casa com mais privacidade ou por uma perspectiva diferente da noite vibrante da Vila Madalena. Dessa forma, o bar contará com uma grande oferta de diferentes tipos de espaço para atender aos estilos variados de público.

Inspirados pela diversidade, o bar apresenta um novo cardápio inclusivo criado pelo consultor gastronômico e chef Caio Ottoboni. Com passagens pelo Café Armani do grupo Fasano, D.O. M, do chef Alex Atala e La Brasserie do chef Erick Jacquin, Caio traz para o Jacaré receitas da terra, da horta, do mar e do rio, em um menu que deixa os clientes à vontade para experimentar novos sabores, compartilhar ou comerem sozinhos.

O novo cardápio explora a brasa em todas as suas possibilidades. Além das carnes, que sempre foram protagonistas na casa, como a costela e a picanha, o carré de cordeiro e o T-Bone são apostas para os amantes da iguaria. As espetadas e parrilladas, além de charmosas e exclusivas, surpreendem os paladares.

Outra novidade fica por conta da inclusão de vegetais e frutos do mar no menu tendo principalmente a abóbora cabotia, pupunha com manteiga de missô e peixe na brasa em evidência. Os novos pratos trazem opções saudáveis, produzidos com ingredientes orgânicos que valorizam itens da terra com o objetivo de agradar veganos e vegetarianos.

Sob o comando de Caio Costa, a nova carta de drinks apresenta o conceito do aproveitamento das frutas como um todo e com uma profunda colaboratividade entre bar e cozinha. Os destaques são o Jaca Julep e o Bramble de Jabuticaba, além do bom e tradicional chope Brahma.

O empreendimento contará com todas as medidas necessárias para a reabertura com o uso de máscaras e álcool em gel pela equipe, disponibilização de álcool em gel em todas as áreas do bar, obrigatoriedade de uso de máscaras para as pessoas que estiverem em pé ou circulando pela casa, além da adoção de todos os protocolos definidos pelos órgãos responsáveis de saúde.

 

Serviço: Bar e Restaurante
Endereço: Rua Harmonia, 305 – Vila Madalena
Reservas: 
Pelo link|   https://www.getinapp.com.br/sao-paulo/jacare-grill   |  ou pelo telefone/ WhatsApp: (11) 94745-8186 |
E-mail: [email protected]
Telefone: (11) 94745-8186 
WhatsApp: (11) 94745-8186 
Plataformas Delivery: Em breve, na Rappi e iFood
Horário de funcionamento: 
Ter a qui: 11h30 às 23h
Sex e sáb: 11h30 – 01h
Dom: 11h30 -18h
Formas de pagamento: Aceitamos Visa, Master, Elo, Amex e PIX.
Área para fumantes: Sim
Acesso para deficientes: Sim
Valet: Sim

*Imagem em destaque cedida pela assessoria.

Sobre o autor

Teve a ideia de criar o Sobreviva em São Paulo, foi lá e fez. Jornalista, trabalha com social media e gosta de uns rolês roots. Acampa no mato, sobe montanha e vive na selva de pedra. Já quis ser detetive, salvar o mundo e fugir com os ciganos. Tem uma relação de amor e ódio com São Paulo, fica para ouvir músicos de rua e corre para nunca chegar atrasada.

Comentários