The Cure vai exibir show comemorativo em cinemas de São Paulo

The Cure vai exibir show comemorativo em cinemas de São Paulo

Depois do Metallica anunciar para outubro a exibição de um show em cinemas de diversos países – incluindo o Brasil, chegou a vez do The Cure, banda britânica que fez muito sucesso principalmente nos anos 80, também ter conteúdo exclusivo apresentado nas telonas.

Esse conteúdo é um show da banda gravado em 2018, no Hyde Park, em Londres, que reuniu cerca de 65 mil pessoas e foi uma comemoração aos 40 anos do primeiro show do grupo, que aconteceu em 1978 e teve como plateia apenas 65 pessoas.

O show gravado na capital inglesa tem cerca de duas horas de duração e seu setlist contou com 29 músicas, entre elas, os principais sucessos da banda, como “In Between Days”, “Just Like Heaven”, “Lullaby”, “Friday I’m In Love”, “Close to Me” e Boys don’t Cry”. A direção da gravação ficou a cargo de Tim Pope, que dirigiu videoclipes não só do próprio The Cure como também de outros grandes nomes da música nos anos 80.

A banda de pós-punk/new wave liderada pelo vocalista e guitarrista Robert Smith anunciou nesta semana os cinemas de vários países que vão receber o show celebrativo – chamado The Cure: Anniversary 1978-2018 Live in Hyde Park London – já no próximo dia 29 (quinta-feira), em data única. O Brasil não ficou de fora e, em São Paulo, o show será exibido em 9 cinemas.

Você consulta os cinemas paulistanos selecionados para receber a gravação do show do The Cure em Londres no ano passado clicando neste link. Os ingressos já estão à venda e é possível conferir como comprá-los pelo mesmo link. O site oficial do “filme-show” – onde você confere a sinopse (em inglês), entre outras informações – é www.thecure.film.

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até esta data.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. Vive uma relação de amor e ódio com São Paulo. Ótima companhia pra uma cerveja gelada. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários