Na capital paulista, julho de 2020 foi o sétimo mais seco em 25 anos

Na capital paulista, julho de 2020 foi o sétimo mais seco em 25 anos

Segundo dados do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) da Prefeitura de São Paulo, o mês de julho de 2020 terminou como o sétimo mais seco da série histórica do CGE, que compila informações de índices de chuva na capital paulista desde 1995. Vale lembrar que junho, o mês anterior, foi o quarto junho mais chuvoso dentro do mesmo período.

Para o mês, eram esperados 45,6 mm, mas foram registrados apenas 8,7mm, ou seja, aproximadamente 19,1% da média. Foram apenas sete dias com chuva e só a Zona Sul (com 10,2mm) e o Centro (com 9,3mm) superaram o registrado no mês.

A subprefeitura que registrou o maior volume de chuvas no mês foi Parelheiros, na Zona Sul, com 27,0mm. Já a menor foi a de Vila Maria/Guilherme, na Zona Norte, com 5,5mm.

“A persistência do bloqueio atmosférico, massa de ar seco, em grande parte do mês desviou as frentes frias para o oceano, o que colaborou com os baixos índices pluviométricos”, explica o meteorologista do CGE da Prefeitura de São Paulo, Thomaz Garcia.

Com relação às temperaturas, a média mínima esperada para julho, segundo dados do CGE, que mantém informações sobre essas medições desde 2004, era de 12,5°C; mas o mês registrou média de 13,2°C. Já a média da máxima esperada era de 22,9°C, mas acabou sendo 23,9°C durante o período.

“Com toda a estabilidade atmosférica observada durante o mês, devido ao bloqueio atmosférico, o sol predominou e, consequentemente, as temperaturas observadas ficaram um pouco mais altas do que o normal”, justifica o meteorologista do CGE.

E agosto?
Agosto é o mês mais seco do ano e deve transcorrer dentro desta característica, segundo o site da Prefeitura de São Paulo. São esperados 18,9mm de chuva, segundo dados do CGE. Já a média da máxima deve ser 13,5°C e a média da máxima 24,4°C.

Fonte: Prefeitura de São Paulo

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis alterações nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários