Instituições culturais de São Paulo participam da #MuseumWeek2021

Instituições culturais de São Paulo participam da #MuseumWeek2021

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do governo de São Paulo reuniu todas as suas instituições culturais para participar da #MuseumWeek2021. Desde ontem (7) até 13 de junho, museus, bibliotecas, fábricas de cultura, teatros e salas de espetáculo fazem parte da oitava edição do evento, que é dedicado à criatividade e conecta estabelecimentos artísticos do mundo com programação pela internet.

Esta será a primeira vez que, além dos museus, outros espaços de cultura estaduais integrarão a campanha, como a Biblioteca Parque Villa-Lobos e a Biblioteca de São Paulo.

Assim como nas edições anteriores, a organização da #MuseumWeek2021 definiu sete temas principais que, neste ano atenderão pelas hashtags #EraUmaVezMW, #NosBastidoresMW, #PelosOlhosDasCriançasMW, #EurecaMW, #LegendeIstoMW, #ArteEmTodaParteMW e #PalavrasProFuturoMW. Estão sendo abordados um tema por dia. O objetivo é estimular as instituições e o público a serem criativos e reforçar a imagem dos artistas como atores que participam da transformação da sociedade.

“A #MuseumWeek2021 ganha ainda maior relevância e abrangência neste momento em que o contexto mundial impõe que as mediações, trocas e experiências estejam cada vez mais presentes no ambiente virtual, estabelecendo novas possibilidades de fruição cultural”, afirma Letícia Santiago, coordenadora da Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico da Secretaria.

Para facilitar a participação do público a partir de experiências em espaços culturais, a Secretaria disponibilizou a relação das redes sociais dos equipamentos paulistas participantes pelo site www.cultura.sp.gov.br.

Cronograma de participação

O Memorial da Resistência, pela #EraUmaVezMW, abriu o evento ontem com uma animação em ‘stop motion’ que conta a história do prédio que sedia a instituição.

Situado em Campos do Jordão, o Auditório Cláudio Santoro compartilha hoje (8), na ação #NosBastidoresMW, a estrutura completa que existe atrás do palco, como a coxia, camarins, fosso e muito mais.

Amanhã (9), a Casa Candido de Portinari apresenta, em #PelosOlhosDasCriançasMW, o olhar de uma criança sobre o museu e a história do pequeno Candinho.

Dia 10 tem fotografia pelas lentes e pelo acervo das máquinas fotográficas do Museu Índia Vanuíre em #EurecaMW. No mesmo dia, as bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos divulgam o passo a passo Pintando o Sete e divulgam o vídeo Fab Lab – como fazer livros artesanais.

Em#LegendeIstoMW, do dia 11, o Museu Catavento brinca de adivinhação e distribui caixas de perguntas nas redes sobre o nome de itens do acervo. Ao final do dia, a equipe do Centro de Referência do museu responderá com o nome correto. As Fábricas de Cultura também entraram na brincadeira e vão fazer uma ação combinada para a iniciativa. O objetivo é fazer uma espécie de batalha no Instagram, com postagem de fotos referentes à hashtag do dia.

Os museus literários Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida e Casa Mário de Andrade também se preparam com ampla programação todos os dias do #MuseumWeek2021. Dia 12, com a #ArteEmTodaParteMW, os três museus convidam o público para compartilhar um registro do espaço revelando uma arte do local. O Museu do Futebol, Pinacoteca, MIS, Paço das Artes e MIS Experience fazem mistério, mas prometem surpresas para os internautas que passarem pelas redes nos dias da campanha.

Em 13 de junho, dia do encerramento, a organização da #MuseumWeek2021 convida os participantes da ação a deixar uma mensagem para o futuro pela #PalavrasProFuturoMW. Valem frases, poesias, pensamentos, um texto, uma imagem ou qualquer outra manifestação artística.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários