Previsto para setembro, festival We Are One Tour é adiado para 2021

Previsto para setembro, festival We Are One Tour é adiado para 2021

Em março deste ano, pouco tempo antes dos shows e grandes eventos começarem a ser adiados no mundo todo por conta da pandemia, foi divulgada ao público mais uma edição do festival de punk rock/hardcore We Are One Tour, que seria realizada em setembro de 2020 com quatro atrações internacionais e três nacionais em São Paulo e em mais três cidades brasileiras, com algumas variações no line-up.

Millencolin, Satanic Surfers, 88 Fingers Louie, Makewar, Zander, Against the Hero e All the Postcards são as bandas que subiriam ao palco da Tropical Butantã, em São Paulo, no dia 19/09. “Subiriam”, pois, nos últimos dias, a produtora Solid Music Entertainment, responsável pelo evento, anunciou o adiamento do We Are One Tour de 2020 para setembro de 2021, um ano após as datas iniciais. Na capital paulista, a nova data do evento é 18/09/21 (sábado), na Tropical Butantã (mesmo local da data original) e exatamente com o mesmo line-up.

Sobre o adiamento, a Solid Music Entertainment se justificou em suas redes sociais: “Devido a situação atual que nos encontramos, não seria seguro realizar a edição da turnê no momento. Seria um ato de irresponsabilidade onde colocaríamos muitas pessoas em risco, desde as bandas voando da Europa e Estados Unidos, até a equipe Solid Music e a parte mais importante: vocês, o público. Pensando no bem estar e saúde de todos, resolvemos adiar para o próximo ano.

Os ingressos adquiridos para a data deste ano continuam válidos para a nova data, não sendo necessário nenhum tipo de troca. Quem ainda não comprou o ingresso – que está custando a partir de R$ 160,00 – deve acessar o site do Clube do Ingresso (neste link) para fazê-lo.

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis alterações nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. Vive uma relação de amor e ódio com São Paulo. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários