5 lugares para conhecer o Japão sem sair de São Paulo

5 lugares para conhecer o Japão sem sair de São Paulo

São Paulo tem a maior colônia japonesa fora do Japão e isso acaba nos proporcionando muito conhecimento por essa cultura tão interessante. Por isso, fizemos um post no nosso blog, com alguns lugares para você conhecer mais sobre o Japão sem precisar ir muito longe!

#01 Bairro da Liberdade

O bairro é o coração do Japão no Brasil, a presença japonesa no bairro começa em 1912, quando os imigrantes japoneses começaram a residir na Rua Conde de Sarzedas. Além de lojas, restaurantes e bares orientais, o bairro passou a oferecer outros atrativos. A Praça da Liberdade é utilizada como palco para manifestações culturais, como o Bon Odori, dança folclórica japonesa. O bairro ainda guarda muito da tradição japonesa e oriental através das festas típicas que se realizam ao longo do ano.


#02 Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil

O museu está localizado no Bairro da Liberdade, no edifício da Bunkyo, a Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social, responsável por manter a cultura japonesa viva no Brasil. São três andares cheios de informações sobre os primeiros japoneses que chegaram ao Brasil, como sobreviveram e como ajudaram no desenvolvimento do país. No site também é possível fazer um passeio virtual pela tradição e cultura do Japão.

Rua São Joaquim, 381 – Liberdade
(11) 3208-1755
www.bunkyo.org.br/br/museu-historico 


#03 Japan House na Avenida Paulista

As salas de exposição são modernas e focam em disseminar a cultura do Japão pelo mundo, um ambiente inovador com uma mistura de futuro e tradição. Você pode começar seu passeio pela fachada, que é toda de toras de madeiras que se encaixam perfeitamente umas nas outras suportando a estrutura toda, sem o uso de pregos, uma técnica japonesa milenar. Você sabia que existem apenas três Japan Houses no mundo? Elas estão localizadas em: São Paulo, Londres e Los Angeles. Confira aqui a agenda antes de planejar sua visita.

Avenida Paulista, 52
(11) 3090-8900
www.japanhousesp.com.br/visite/ 


#04 Pavilhão Japonês no Parque do Ibirapuera

Dentro do parque existe um escondido e agradável recanto de calmaria. O Jardim Japonês foi entregue pela colônia japonesa no quarto centenário da cidade de São Paulo em 1954. O espaço até hoje é conhecido como “Pavilhão” Japonês por alguns, fazendo referência a grande feira de inauguração do parque e seus respectivos Pavilhões. Além do jardim repleto de plantas e árvores ornamentais, há no espaço uma linda construção inspirada no Palácio Katsura de Quioto, onde você encontra uma pequena mostra da memória e cultura japonesa.

Av. Pedro Álvares Cabral – Acesso: Portão 3 e 10
(11) 5081-7296
www.parqueibirapuera.org/equipamentos-parque-ibirapuera/pavilhao-japones/ 


#05 Torre de Miroku

O complexo é o maior do estilo japonês aqui no Brasil, com seus 32 metros de altura e tem como inspiração o templo Horyu, na cidade de Nara, no Japão, que data do ano 607 e é o mais antigo do mundo. Seu telhado, sobreposto em cinco andares, foi confeccionado no padrão da tradição japonesa de construção, com os caibros de madeira encaixados sem uso de pregos e parafusos. Essa técnica permitiu que a torre japonesa fosse a primeira no mundo a possuir um vão livre até o topo. Na cobertura, 13 mil telhas foram moldadas no próprio local e receberam o acabamento em esmalte dourado, importado do Japão.

Av. Palmira, 450 – Represa, Ribeirão Pires
(11) 93249-7404
https://tamatur.com.br/ 

Sobre o autor

Desenvolvi a identidade visual do Sobreviva em São Paulo e criei o blog quando a página no Facebook tinha mais ou menos um ano. Atualmente, além de produzir contéudo para o blog e cuidar do back-end, tenho foco no gerenciamento dos perfis do Instagram e Pinterest. Sou graduado em publicidade e propaganda, pós graduado em gestão empresarial e marketing pela ESPM e trabalho em uma agência de publicidade.

Comentários