Nova série do icônico herói He-Man estreia hoje na Netflix

Nova série do icônico herói He-Man estreia hoje na Netflix

Para a alegria – e nostalgia – de quem já passou dos 30 anos de idade, está estreando hoje (23) na Netflix a nova animação “Mestres do Universo: Salvando Eternia” (título original: “Masters of the Universe: Revelations“), que tem como protagonista o herói He-Man e continua sua saga de onde ela foi finalizada na animação original, produzida no início dos anos 80.

Com traços e efeitos de animação modernos, “Mestres do Universo: Salvando Eternia” divulgou desde junho dois trailers, nos quais foi possível ver, além de He-Man e seu icônico arquinimigo, o vilão Esqueleto, diversos personagens secundários que também eram figuras carimbadas (e adoradas) da animação de quase 40 anos atrás, como Teela, Mentor, Homem-Fera, Maligna, Mandíbula, e por aí vai…

O produtor e showrunner da série é Kevin Smith, que também é roteirista e cineasta e possui em seu extenso currículo desde HQs da Marvel, DC Comics e outras editoras, a séries de TV como The Flash (dos anos 90) e Supergirl, entre outros trabalhos.

O elenco de dublagem original da nova série do He-Man também é estrelado e conta com algumas caras e vozes conhecidas. Segundo o site Olhar Digital, Sarah Michelle Gellar (Teela), Liam Cunningham (Mentor), Henry Rollins (Triclope), Alicia Silverstone (Rainha Marlena), Justin Long (Roboto) e Kevin Conroy (Aquático) fazem parte do elenco de dublagem.

Assista a seguir ao 1º trailer oficial de “Mestres do Universo: Salvando Eternia”, lançado em 10 de junho, e logo na sequência o 2º trailer, divulgado no dia 2 deste mês.

1º trailer:

2º trailer:

A animação original

He-Man e os Mestres do Universo” (“He-Man and the Masters of the Universe“, no original), surgida em 1983, é a série animada que serve como base para “Mestres do Universo: Salvando Eternia”. Fazendo o caminho inverso ao da maioria dos desenhos animados, a série na época foi criada após um grande sucesso na venda de brinquedos, que incluíam desde miniaturas dos personagens até veículos de combate.

“He-Man e os Mestres do Universo” veio ao Brasil em meados dos anos 80 e, por muito tempo, foi atração de programas infantis da época como um dos principais desenhos animados, cativando muitas crianças e movimentando a procura por brinquedos. A frase “Pelos poderes de Grayskull… eu tenho a força!”, dita pelo herói ao se transformar, e a trilha sonora, foram elementos marcantes da série, que teve ao todo 130 episódios divididos em duas temporadas.

Imagem de topo: Divulgação/Netflix

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários