Festival do hot dog + sobremesas acontece em SP

Festival do hot dog + sobremesas acontece em SP

Um dos sanduíches mais consumidos pelos paulistanos sobremesas de tirar o fôlego juntos, em um mesmo lugar. Destaque para hot dogs inusitados, como o de calabresa, e doces imperdíveis, como o banoffee, entre as inúmeras delícias.

Após quatro edições de muito sucesso (antes da pandemia) e a pedido dos amantes desses campeões de audiência, o Espaço As Meninas Feiras e Eventos promove o 5° Festival do Hot Dog e da Cerveja Artesanal (https://fb.me/e/3AHB14IWF), em paralelo ao 5° Festival de Sobremesas (https://fb.me/e/Z8MYUvPw)com destaque para o 1º Festival do Banoffee de São Paulo (https://fb.me/e/1TpPuE30R)  e o 1º Festival da Palha Italiana de SP(https://fb.me/e/5ShZu3fbN), além da tradicional Feira de Artesanato, Moda e Decoração (https://fb.me/e/uH6VvbS2).

Tudo junto e misturado, em um mesmo espaço, nos dias 27 e 28 de novembro (sábado, das 12h às 19h domingo, das 11h às 18h), na Associação Hokkaido – Rua Joaquim Távora, 605, Vila Mariana (próximo às estações Ana Rosa e Vila Mariana do metrô) – local coberto, com acesso a cadeirantes e estacionamento terceirizado.

Sabiam que o hot dog tem até um dia de comemoração? A data é 9 de setembro. Sobre o seu surgimento, uma das histórias diz que chegou aos Estados Unidos, em 1880, por meio de um imigrante alemão chamado Charles Feltman. Ele fazia um lanche quente com pão, salsicha e molhos. O sucesso foi tão grande que ele abriu um restaurante próprio para vender sua criação.

Essa delícia chegou ao Brasil na década de 1920 quando o idealizador da Cinelândia, Francisco Serrador, começou a vender esse lanche em seus cinemas, no Rio de Janeiro. Por aqui, ao longo do tempo, o nosso cachorro-quente ganhou várias versões e ingredientes diferentes, tão variadas quanto as regiões do Brasil.

Já as sobremesas continuam em alta no ranking das queridinhas dos paulistas. Estudos apontam um grande aumento no consumo das iguarias doces durante a epidemia. “Mas vamos combinar: quem resiste a um docinho após as refeições ou para fazer um lanchinho? É um acalento para a mente e o coração. Com moderação, é até saudável. Bora aproveitar as delícias que teremos no evento!”, convida Elaine Vilela, sócia-proprietária do Espaço As Meninas Feiras e Eventos.

 

 

Além dos hot dogs com várias opções de recheios, estão garantidos: lanches de pernil e calabresa, torresmo e lanches com torresmo, lanches em baguete de parmesão, pão de queijo recheado no palito, coxinhas e salgados veganos. Para acompanhar: cervejas artesanais, como: Quinta do Malte, Madalena, Sunset Brew e Craft Chop, além de cachaça, refrigerantes e água. Nas sobremesas, além do banoffee e palha italiana, delícias com chocolate, pudim, tortinhas de morango, cannoli com vários recheios, mini churros, pão de mel, bolachinhas caseiras, pipoca etc.

Para antecipar as compras de Natal: semijoias, bijouterias artesanais em prata e cerâmica, arranjos, velas artesanais, vasos decorativos, saboaria artesanal, camisetas, pintura em tecido, lingerie, shorts, imagens religiosas em crochê, costura criativa, peças em crochê, roupas e bordados infantis, acessórios infantis, produtos da Mary Kay e O Boticário. Para relaxar, haverá massagem, mas se a intenção é dar um toque especial na pele, terá Tatoo temporária. O som será por conta do DJ Dinho Garcia, figura conhecida nas noites paulistanas.

 

Ingressos

Como ainda há restrição para grandes aglomerações, haverá compra opcional de ingresso solidário ao preço de R$ 5,00 com acesso aos quatro eventos.

Os ingressos podem ser comprados nos dias do evento e a parte da renda será destinada à compra de alimentos para o #cciniciodeluz, que promove ações com crianças em vulnerabilidade social.

 

Protocolos de segurança

O Espaço As Meninas Feiras e Eventos apoia e seguirá todos os protocolos de segurança exigidos pelos órgãos públicos. Será obrigatória a apresentação da carteira de vacinação. O “passaporte da vacina” poderá ser apresentado pelo aplicativo de celular E-saúde, ou site do SUS, ou ainda em formato físico.

Na entrada haverá medição de temperatura e totens de álcool em gel. Será obrigatório o uso de máscara cobrindo a boca e o nariz durante toda a permanência no evento. Os expositores manterão o distanciamento recomendado entre si.

“Venham passar um fim de semana gostoso com a gente e aproveitem para prestigiar os pequenos produtores e artesãos que foram muito atingidos pela pandemia, assim como todo o setor de eventos”, destaca Elaine Vilela.

Sobre o autor

Teve a ideia de criar o Sobreviva em São Paulo, foi lá e fez. Jornalista, trabalha com social media e gosta de uns rolês roots. Acampa no mato, sobe montanha e vive na selva de pedra. Já quis ser detetive, salvar o mundo e fugir com os ciganos. Tem uma relação de amor e ódio com São Paulo, fica para ouvir músicos de rua e corre para nunca chegar atrasada.

Comentários