Shows adiados pelo coronavírus: segure os ingressos até as novas datas!

Shows adiados pelo coronavírus: segure os ingressos até as novas datas!

A medida ajuda a diminuir os prejuízos de empresas que vivem do entretenimento musical

Devido aos adiamentos e cancelamentos de shows e festivais musicais no Brasil e em outros países por conta da pandemia do coronavírus, muitas produtoras desses eventos e bandas estão enfrentando um momento difícil também em termos financeiros, já que essa é a única ou principal fonte de renda da grande maioria dos profissionais envolvidos neste mercado.

Por isso, algumas das produtoras afetadas pela situação estão fazendo uma campanha para que as pessoas que já haviam adquirido ingressos para os shows adiados continuem com os ingressos em mãos até surgirem as novas datas e por enquanto não peçam o reembolso do valor investido, a fim de diminuir o prejuízo das empresas e não sobrecarregá-las com um número enorme de solicitações de reembolso. Em algumas ocasiões, as novas datas de um show ou evento musical demoram para ser divulgadas – depende muito da agenda das bandas e condições das produtoras – mas, depois de anunciadas, é bem possível que o fã tenha disponibilidade para comparecer também nesses novos dias.

Um comunicado publicado pela Semana Internacional de Música (SIM) São Paulo – uma das mais importantes feiras de negócios da música da América Latina – resume bem este pedido. Confira:

Clique aqui para conferir a publicação original.

A Ingresso Rápido, uma das principais empresas especializadas em venda de ingressos para diversos eventos, também se manifestou em prol da causa. “Pedimos gentilmente para que você guarde seu ingresso com carinho e compareça ao show para viver uma experiência incrível ao lado do artista que você tanto gosta. Feito isso, você ajuda centenas de profissionais que já enfrentam severas dificuldades para viver da cultura no Brasil“, diz um comunicado que a marca enviou por e-mail para sua base de clientes e demais cadastrados.

A Powerline, produtora bastante ativa que neste ano conseguiu trazer as tours do Black Flag e Between the Buried and Me ao Brasil, também fez coro à campanha ao anunciar o adiamento do show do Clutch, que aconteceria no dia 26 de abril, no Fabrique Club. Ao comunicado de adiamento, a produtora acrescentou o seguinte trecho: “Lembre-se de que manter o seu ingresso para as novas datas ajudará as bandas, os produtores e todos os demais envolvidos na indústria da música que estão passando por esse momento difícil“. Em outro texto, publicado no Facebook no último dia 17, a produtora explicita ainda mais a situação: “Bandas, roadies, produtores, casas de shows e todo seu staff, motoristas de van, seguranças, faxineiros, todos recebiam por trabalhos pontuais e se viram, de repente, sem fonte de renda“.

Dos shows no Brasil adiados, alguns já têm novas datas, porém outros ainda não as divulgaram. Por isso, é importante acompanhar os perfis oficiais nas redes sociais e os sites das produtoras e bandas de sua preferência para ficar por dentro de novidades.

Comprar merchandising oficial: outra forma de ajuda
Além de manter o ingresso em mãos até o anúncio das novas datas de shows, outra forma de ajudar as bandas a diminuir seus possíveis prejuízos é comprando merchandising oficial delas – sempre em lojas online (por conta da quarentena) e autorizadas, é claro. Camisetas, CDs, vinis, canecas e moletons são alguns dos itens vendidos por esses canais.

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até esta data.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. Vive uma relação de amor e ódio com São Paulo. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários