Itaipava de Som a Sol: relembre 20 hits do Nickelback

Itaipava de Som a Sol: relembre 20 hits do Nickelback

Setembro tá chegando e, com ele, o aguardado festival Itaipava de Som a Sol finalmente terá início em São Paulo! São cinco datas com cinco artistas de peso no mundo da música. Vamos relembrar a escalação? Weezer (26/09)Dave Matthews Band (27/09)Seal (29/09)Nickelback (03/10) e Black Eyed Peas (04/10) são as bandas que sobem ao palco do Ginásio do Ibirapuera (Rua Manoel da Nóbrega, 1.361 – Ibirapuera) para animar os paulistanos. Ainda há ingressos para todos os shows e você confere como adquirir o seu acessando mercuryconcerts.com/eventos/desomasol.

Desde maio, quando o Itaipava de Som a Sol foi anunciado pela produtora Mercury Concerts, já mostramos pra você um pouco mais – incluindo os principais hits – do Weezer (veja aqui), da Dave Matthews Band (aqui) e do Seal (neste link). Agora, chegou a vez de falarmos sobre a quarta e penúltima atração do festival: o Nickelback, que toca no dia 03/10 (quinta-feira).

Aclamada internacionalmente e com diversos álbuns de platina conquistados, a banda de grunge/hard rock Nickelback foi formada em 1995, no Canadá, e se consolidou como um dos mais populares nomes do rock das últimas duas décadas.

O Nickelback vendeu mais de 50 milhões de álbuns e sua canção “How You Remind Me” foi apontada pela Billboard como a ‘Melhor Música de Rock’ da década 2000-2010 – e o grupo também foi escolhida como a ‘Melhor Banda da Década’. O álbum “All the Right Reasons” (2005), com hits como “Rockstar” e “Photograph”, passou 156 semanas nas paradas da Billboard.

O grupo liderado pelo vocalista e guitarrista Chad Kroeger lançou seu 9º álbum de estúdio, “Feed The Machine”, em 2017, e passou a maior parte dos últimos dois anos se apresentando em dezenas de shows com lotação esgotada em todo o mundo.

Além de Chad, o Nickelback é formado hoje por Ryan Peake (guitarra e backing vocals), Mike Kroeger (baixo) e Daniel Adair (bateria e backing vocals). Vamos relembrar 20 dos hits que fizeram do grupo o sucesso que é até os dias atuais:

1 – “Leader of Men” foi a música que começou a apontar o Nickelback para o cenário do rock mundial no finalzinho dos anos 90:

 

2 – Faixa do álbum “Silver Side Up” (2001), “How You Remind Me” estourou em vários países e alçou o grupo ao patamar de sucesso global:

 

3 – “Too Bad” é uma faixa de “Silver Side Up” que pegou carona no sucesso de “How You Remind Me”:

 

4 – “Never Again” é outra música que fez parte do ápice do Nickelback:

 

5 – “Hero” foi trilha sonora do filme “O Homem-Aranha” e seu clipe tem cenas do filme:

 

6 – O álbum “The Long Road”, de 2003, revelou “Someday”:

 

7 – “Figured You Out” é outra música de “The Long Road” que também se destacou:

 

8 – “Photograph” foi o primeiro single do álbum “All the Right Reasons” (2005) e logo começou a tocar em rádios de todo o mundo:

 

9 – “Rockstar” é outro single de “All the Right Reasons” que surpreendeu e foi tocada em muitos países:

 

10 – Em 2008, o Nickelback lançou o álbum “Dark Horse” e manteve o sucesso dos discos anteriores. “Gotta Be Somebody” é faixa deste trabalho:

 

11 – “Never Gonna Be Alone” também marcou “Dark Horse”:

 

12 – “Dark Horse” tinha em sua playlist também “I’d Come For You”, que se tornou mais um sucesso:

 

13 – “Burn It to the Ground” encerra o quarteto dos principais sucessos de “Dark Horse”:

 

14 – O clipe de “Lullaby”, hit do álbum “Here and Now” (2011), mostra Chad Kroeger com cabelo curto e um visual diferente:

 

15 – “Here and Now” surpreendeu a todos também com o sucesso de “Trying Not to Love You”:

 

16 – “This Means War” foi outro presente que o Nickelback apresentou aos fãs em “Here and Now”:

 

17 – A exemplo de seus antecessores, o álbum que o grupo lançou em 2014, “No Fixed Address”, também contém diversos hits. “Satellite” é um deles:

 

18 – “She Keeps Me Up” é outro hit de “No Fixed Address”:

 

19 – “Feed the Machine” é a música homônima do disco que a banda lançou em 2017:

 

20 – O último álbum do Nickelback, “Feed the Machine”, revelou também o single “Song on Fire”:

 

Ufa… É hit atrás de hit hein! E aí, quais deles você acha que não podem faltar no show da banda no dia 03/10, no Ginásio do Ibirapuera? Conta pra gente!

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. Vive uma relação de amor e ódio com São Paulo. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários