‘Catappum nas redes’: Coletivo circense encerra exibição da temporada e se prepara para promover rodas de conversa

‘Catappum nas redes’: Coletivo circense encerra exibição da temporada e se prepara para promover rodas de conversa

O Coletivo Catappum, um grupo de comédia circense que pesquisa a palhaçaria preta, finalizou as exibições do espetáculo online “Catappum!”.

O grupo promoveu uma explosão de negrices nas redes: foram 4 workshops e 10 transmissões da comédia circense de maneira gratuita e online. Entretanto as iniciativas do coletivo vão ter continuidade para um bate-papo em que vão ser discutidos temas referentes à criação do espetáculo. 

“A temporada do Catappum estava aberta desde abril. O espetáculo de circo e teatro para todas as idades trouxe o protagonismo preto pra cena de forma lúdica e discutiu sobre as relações de poder. Fizemos lives deste espetáculo, o que nos deixou bem satisfeitos, alcançamos diversos públicos, principalmente os da classe C, D e E, de regiões descentralizadas da cidade de São Paulo, que não tem tanto acesso à cultura. O retorno está sendo o mais incrível possível, indo desde crianças e adolescentes, alunos de projetos sociais, a pacientes do CAPS”, conta Chico Vinicius, componente do coletivo Catappum.

Tendo o riso como estratégia de resistência, o Coletivo Catappum nasceu do incômodo pela falta de representatividade de palhaços pretos na formação das artes cênicas, onde o conteúdo estudado na sua totalidade, sempre trazia referências eurocêntricas. Durante os bate-papos, o processo criativo do coletivo terá espaço de destaque. Elenco e direção vão narrar a trajetória do grupo, que tem uma equipe composta em sua grande maioria por mulheres e pessoas LGBTQIAP+, com o objetivo valorizar as culturas negras. 

O projeto “Catappum nas redes” foi contemplado pela 6ª Edição do Programa Municipal de Fomento ao Circo para a cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura. É uma parceria da Cooperativa Paulista de Teatro e tem realização do Coletivo Catappum, Fomento ao Circo e Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

SERVIÇO

Confira a programação do coletivo Catappum!:
07 de julho
Tema: Trilha Sonora – O Corpo Sonoro
Horário: 15h às 16h
Local da transmissão: Casa de Cultura Vila Guilherme – Casarão
Plataforma: Instagram 

SOBRE O CATAPPUM 

A formação do Coletivo Catappum! se deu, em 2015, a partir da obra dramatúrgica escrita por Fagner Saraiva e Chico Vinícius. Este disparador propiciou o encontro dos artistas que, em suas trajetórias, desenvolvem pesquisas artísticas na arte negra: cultura popular, cultura afro-brasileira, culturas de matrizes africanas, circo, dança, música e teatro.

Em 2019 “Catappum!”, o espetáculo, foi convidado a fazer sua estreia pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo no projeto “Biblioteca Viva”, projeto que percorreu as periferias da Zona Leste e Oeste com 10 apresentações nas bibliotecas da Cidade. Devido ao grande sucesso, “Catappum!” ingressou em uma segunda temporada, a convite da Prefeitura Municipal de São Paulo ainda em 2019, desta vez com 06 apresentações nas ruas e praças das periferias da cidade no projeto “Ruas da Gente”.

No dia 20 de novembro do mesmo ano, o espetáculo participou da programação oficial do “Dia da Consciência Negra”, da cidade de São Paulo, na Casa de Cultura Raul Seixas em Itaquera – Zona Leste de SP.

Em Dezembro de 2019, “Catappum!” é convidado a se apresentar no “Projeto Redenção”; projeto que oferta acolhimento e tratamento a dependentes químicos em equipamentos públicos, vinculado à prefeitura de São Paulo. Em 2020 “Catappum!” é convidado a participar do projeto Itinerante “Teatro na Kombi”, com 15 apresentações pelas Bibliotecas Municipais.

Ainda em 2020 o coletivo deu uma entrevista para o Alma preta Jornalismo, contando um pouco sobre o processo de pesquisa e criação. Em 2021, apresentamos na Casa de Cultura do Butantã e na Casa de Cultura do Campo Limpo.

O grupo ainda participou de diversos festivais como II Festejo Raízes do Riso; II Festival Internacional de circo Saruê; Festival Brincando na praça; Dona Ruth: Festival de teatro negro de São Paulo, 3ª edição; Ocupa Riso, realização dos Palhaços sem Fronteiras e I Expo Internacional do dia da Conciência Negra no pavilhão do Anhembi.

Além disso, em 2021, foram contemplados na 6ª edição do Edital Fomento ao Circo, com o projeto “Catappum nas redes” em execução no primeiro semestre de 2022, com transmissão online do espetáculo “Catappum” em aparelhos de cultura, oficinas de comicidades negras, debates e roda de conversa sobre comicidades, racismo e rede sociais.

2022 também foi o ano de estrear no 4º Festival Internacional de Circo da Cidade de São Paulo com apresentação na comunidade Cultural Quilombaque. 

 

 

Sobre o autor

Desenvolvi a identidade visual do Sobreviva em São Paulo e criei o blog quando a página no Facebook tinha mais ou menos um ano. Atualmente, além de produzir contéudo para o blog e cuidar do back-end, tenho foco no gerenciamento dos perfis do Instagram e Pinterest. Sou graduado em publicidade e propaganda, pós graduado em gestão empresarial e marketing pela ESPM e trabalho em uma agência de publicidade.

Comentários