SP amplia vacinação contra COVID-19 para idosos de 72 a 74 anos

SP amplia vacinação contra COVID-19 para idosos de 72 a 74 anos

O Governador João Doria anunciou ontem (10) a ampliação da vacinação contra COVID-19 para idosos com idade entre 72 e 74 anos a partir de 22 de março, num total de 730 mil pessoas que poderão receber a primeira dose ainda neste mês. Segundo o Governo, a inclusão desta faixa etária será possível graças à chegada de mais vacinas do Butantan, nos próximos dias.

Vale lembrar que já havia sido anunciada para início no próximo dia 15 (segunda-feira) a vacinação contra COVID-19 de idosos com idade entre 75 e 76 anos

Com o avanço da campanha para o grupo a partir de 72 anos, serão 1,140 milhão de pessoas que poderão ser imunizadas ainda no mês de março, de acordo com o Governo Paulista. Em 3 de março, o Estado iniciou a vacinação dos idosos entre 77 a 79 anos, contemplando outros 720 mil idosos.

O Governo do Estado afirma ainda que toda a campanha ocorre com uma grande operação logística montada para a distribuição das vacinas do Butantan e da Fiocruz. Semanalmente, caminhões saem para todas as regiões de SP, para que os municípios retirem suas grades nos GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica) de referência.

4 milhões de pré-cadastros no site Vacina Já

Mais de 4 milhões de pessoas já realizaram o pré-cadastro no site Vacina Já (vacinaja.sp.gov.br), criado pelo Governo de SP – com a Prodesp e Secretarias de Comunicação e Saúde – para otimizar a campanha. A ferramenta economiza aproximadamente 90% no tempo na ocasião em que o cidadão comparecer a um posto para receber a dose. Trata-se de um formulário eletrônico que leva cerca de um minuto para ser preenchido. Já nos postos de vacinação, em média, a coleta de informações leva cerca de dez minutos.

O acesso pode ser feito pelos familiares dos idosos ou qualquer pessoa que integra os públicos previstos na campanha. A ferramenta ajuda a agilizar o atendimento e a evitar aglomerações. Não é um agendamento e o uso não é obrigatório, mas utilizá-la contribui para melhorar a dinâmica dos serviços de saúde e o atendimento à população.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Foto de topo: imagem ilustrativa (Freepik)

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários