Campanha de vacinação contra gripe em São Paulo termina daqui a 1 mês

Campanha de vacinação contra gripe em São Paulo termina daqui a 1 mês

Hoje começou uma nova fase da campanha

Iniciada em 12 de abril, a 24ª Campanha Municipal de Vacinação Contra Influenza (Gripe) está prevista para ser encerrada na cidade de São Paulo no dia 9 de julho, exatamente daqui a um mês. De acordo com dados atualizados pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) da capital paulista, no último sábado (5) 1.565.207 doses foram aplicadas e 84.188 pessoas fizeram a atualização na carteira de vacinação.

Vale ressaltar que hoje (9) começou na cidade a terceira e última fase da campanha, com atendimento a novos grupos prioritários.

Nesta etapa, podem se imunizar contra a gripe as pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores das forças de segurança e salvamento e forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

A imunização é realizada exclusivamente em escolas e estabelecimentos da Educação, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Os endereços podem ser consultados por este link. Nos locais, equipes de saúde também estão fazendo a atualização da caderneta de vacinação.

As fases anteriores da campanha foram direcionadas às crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz até 45 dias), povos indígenas, trabalhadores da saúde, profissionais da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), idosos a partir de 60 anos e professores das escolas públicas e privadas.

Vacinar-se contra a gripe ajuda a reduzir complicações e mortalidade decorrentes das infecções causadas pelo vírus Influenza, além de evitar uma sobrecarga ainda maior do sistema de saúde com internações durante a pandemia de coronavírus. Além disso, a imunização também facilita o diagnóstico diferencial entre Covid-19 e outras doenças respiratórias.

A SMS de São Paulo destaca que pessoas com Covid-19 ou que tiveram alta há menos de 28 dias não podem receber a vacina contra a gripe. A aplicação desse imunizante também não pode ser feita em quem tomou a vacina contra Covid-19 há menos de 15 dias ou se a segunda dose estiver agendada para os próximos 15 dias.

Fonte: Prefeitura de São Paulo

Foto de topo: imagem ilustrativa (Freepik)

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários