Modernização do Pacaembu começou hoje com demolição do Tobogã

Modernização do Pacaembu começou hoje com demolição do Tobogã

Na manhã de hoje (29) começaram as obras de reforma do Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho (Pça. Charles Miller, s/n – Pacaembu), o Pacaembu, que passará por cerca de 24 a 28 meses de obras para restauro e modernização.

O início das obras se deu com a demolição do Tobogã, área da arquibancada do estádio destinada a ingressos mais populares. 

A Allegra Pacaembu é a concessionária que, em janeiro de 2020, assumiu a gestão do Complexo Esportivo do Pacaembu por 35 anos e é a responsável pelas obras. Segundo o site pacaembuoficial.com.br, a concessionária investirá cerca de R$ 300 milhões no equipamento público tombado, entregando-o para a cidade totalmente restaurado e modernizado, respeitando sua história e amplificando seu significado. Será um Pacaembu aberto a todos os paulistanos, com espaço de convivência, de serviços, esporte, lazer e cultura.

O site ainda afirma que, após a modernização e restauro, o Pacaembu será o maior e melhor centro de convivência, esporte e lazer da cidade.

O local contará com um edifício multifuncional, com previsão de um centro de convenções e eventos, construído no subsolo, junto a um novo estacionamento. O térreo será permeável, com áreas cobertas que interligarão, por meio de uma esplanada ao ar livre, o gramado a um novo boulevard, uma praça interna de convivência com ofertas de alimentação (restaurantes e cafés) e serviços. Na cobertura da nova edificação, haverá uma grande área pública elevada, conectando as ruas Desembargador Paulo Passaláqua e Itápolis.

Um centro esportivo e uma grande arena de e-Sports com capacidade para cerca de 2 mil pessoas sentadas também estão previstos no projeto.

O objetivo é ampliar o uso do complexo, torná-lo mais aberto e acessível, elevando o nível de conforto, segurança e acessibilidade para os visitantes.

Após a entrega do novo complexo à cidade, com acesso gratuito à população, a Allegra Pacaembu espera que o local receba mais de 3 milhões de visitantes por ano, além dos públicos de jogos e eventos que devem ser realizados. A concessionária prevê que o Pacaembu será “um grande ponto de encontro e interação da comunidade”.

Vale lembrar que o Pacaembu é hoje um dos principais cartões postais da capital paulista e completou 81 anos de existência em abril deste ano.

Jogos de futebol

De acordo com o site pacaembuoficial.com.br, o Pacaembu ainda poderá receber jogos de futebol após as obras de modernização e restauro. Com a demolição do Tobogã, a capacidade máxima do estádio será reduzida para 25 mil pessoas, mas haverá uma área destinada a ingressos mais acessíveis.

Mais informações sobre como o Estádio do Pacaembu ficará após as reformas podem ser consultadas no site pacaembuoficial.com.br.

Fontes: pacaembuoficial.com.br e São Paulo da Depressão

Foto de topo: pacaembuoficial.com.br

 

Observação: o Sobreviva em São Paulo não se responsabiliza por possíveis mudanças nas informações acima, que são válidas até a data de publicação.

Sobre o autor

Publicitário, especializado em Marketing e Comunicação Integrada. Amante da vida, encantado por pessoas e suas singularidades. Fã inveterado de filmes de terror, ouvinte assíduo de música jamaicana e rock pesado. E, claro: Vai, Corinthians!

Comentários